Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular
Direção

O Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular, Unidade de investigação do Centro Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CCUL) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), desenvolve a sua atividade em três grandes valências: Ensino, Investigação e Clínica (incluindo doentes cardiovasculares e prevenção na Comunidade).

 

Ensino

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, é pioneira no país, na implementação de um Mestrado em Reabilitação Cardiovascular, contribuindo para a excelência da especificidade profissional e da investigação científica nesta área.

O Curso de Mestrado em Reabilitação Cardiovascular tem como objetivos fundamentais promover a formação profissional específica de excelência dos profissionais de saúde que integrem ou pretendam integrar equipas multidisciplinares de prevenção e reabilitação cardiovascular; e em desenvolver com rigor a investigação científica avançada nas áreas da prevenção primária e secundária e da reabilitação cardiovascular.

 

Investigação

No contexto de uma Medicina encarada como um todo, a investigação e a prática clínica integram conjuntamente o conhecimento científico e a sua implementação. A clínica baseia-se em resultados comprovados cientificamente, envolvendo mecanismos fisiopatológicos e efeitos das intervenções terapêuticas. Por outro lado, a atividade assistencial serve de suporte à investigação clínica, permitindo questionar pressupostos estabelecidos e alcançar novas conclusões.

O Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular encontra-se equipado e preparado para avaliar a capacidade funcional e a função cardíaca em repouso ou em esforço, através da realização de uma prova de esforço clássica ou cardiorrespiratória, em passadeira ou em cicloergómetro, e a avaliação ecocardiográfica. Estas técnicas permitem avaliar pessoas com doença cardiovascular e/ou auxiliar no diagnóstico, no prognóstico e na resposta a uma determinada intervenção (e.g. reabilitação cardiovascular).

As principais linhas de investigação centram-se em estudar os efeitos agudos e crónicos do exercício físico em pessoas com doença cardiovascular diagnosticada; Efeitos dos diferentes tipos de treino e respetivos mecanismos de ação na insuficiência cardíaca e na doença coronária; Exercício físico e inflamação; Exercício físico e sistema nervoso autonómico; Exercício físico e remodelagem cardíaca; Reabilitação Cardio-Oncológica e Neurológica; Preditores de respondedores e não respondedores ao exercício físico.

 

Clínica

O Programa de Reabilitação Cardiovascular do CHULN/FMUL-UL abrange toda a cronologia desde o internamento (fase I), passando pela fase ambulatória precoce (fase II) até à fase de manutenção (fase III - comunitária).

O Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular serve as fases 2 e 3 da Reabilitação Cardiovascular, avaliando a capacidade funcional e função cardíaca dos doentes em programa.

O Centro de Reabilitação Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CRECUL), surgiu com a parceira da Faculdade de Medicina de Lisboa – Universidade de Lisboa, a Faculdade de Motricidade Humana – Universidade de Lisboa e o Estádio Universitário de Lisboa. A sua atividade é reconhecida pela Universidade de Lisboa como uma iniciativa de carácter comunitário, com a finalidade de promoção da saúde e prevenção secundária que, por sua vez, potencializa a formação de estudantes nas diversas especialidades no contexto da saúde.

Para além do CRECUL, o Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular desenvolve outras ações de apoio à comunidade, nomeadamente, através de ações estratégicas junto à população portuguesa na prevenção primária e secundária com vista à promoção de estilos de vida saudáveis.

Professora Auxiliar de Cardiologia da Faculdade de Medicina de Lisboa da Universidade de Lisboa desde 2017 e a 100% desde 2018. Doutoramento em "Exercício intervalado de Alta Intensidade em doentes com Insuficiência cardíaca e terapêutica de ressincronização" em 2016. Investigadora do Centro Académico da Universidade de Lisboa (CAML) e Centro Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CCUL) desde 2017. Coordenadora do Programa de Reabilitação Cardiovascular da FMUL/CHULN acreditado pela European Society of Cardiology (ESC) em 2020. Coordenadora do Mestrado de Reabilitação Cardiovascular da FMUL. Directora do Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular da FMUL. Past-Chair Secondary Prevention and Rehabilitation of European Association of Preventive Cardiology (EAPC), Chair ESC Preventive Cardiology Congress 2020-21, membro de Education Committee EAPC e Advocacy Committee EAPC, membro do Comité Científico do Programa do ESC Congress 2019-2021. Ex-Coordenadora do  Grupo de Estudos de Fisiopatologia de Exercício e Reabilitação Cardíaca da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC). Coordenadora de Prevenção Cardiovascular da SPC na EAPC. Membro do Corpo Redactorial de Revista Portuguesa de Cardiologia e Monaldi Chest Archives. Revisora de EHJ, EJPC, IJC, REPC, JCVS Formou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa em 1984 e fez a Especialidade de Cardiologia no Serviço de Cardiologia do Hospital de S. Marta, CHLC. Trabalhou como Assistente Hospitalar Graduada de Cardiologia no Serviço de Cardiologia do Hospital de S. Marta, CHLC entre 1987 e 2017 e do Hospital de S. Maria, CHULN, a partir de 2018.

 

ÁREAS DE INTERESSE: Prevenção e reabilitação cardiovascular, Exercício em populações específicas (insuficiência cardíaca, doentes submetidos a implante de dispositivos ou TAVI) e Ergometria (Provas de esforço cardiorrespiratórias), Imagem (Ecocardiografia, Cardiologia Nuclear), Avaliação multidimensional do idoso, Função do sistema nervoso autónomo e Inflamação

Professor auxiliar de Medicina Interna na Faculdade de Medicina de Lisboa da Universidade de Lisboa desde 2016. É também professor convidado no Mestrado em Exercício e Bem-Estar da Universidade Lusófona, Lisboa desde 2009. É investigador no Centro Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CCUL) desde 2014. É membro do comité científico do Programa Nacional de Promoção da Atividade Física da Direção Geral da Saúde. Ele também faz parte do comité de combate à inatividade física da ECOSEP, Europa. Participa do Conselho Editorial e analisa a Revista Medicina Desportiva inForma. Revisor de artigos para o Games for Health Journal, Revista Factores de Risco, BMC Geriatrics e Journal of Cardiopulmonary Rehabilitation and Prevention.

 

Formou-se na Faculdade de Medicina de Lisboa da Universidade de Lisboa em 2004. Fez o seu treino específico em Medicina Interna no Hospital Santa Maria - CHULN, EPE, Lisboa, Portugal, onde trabalhou como assistente hospitalar de medicina interna até 2019.

É pós-graduado em Medicina Desportiva desde 2007 pela Sociedade Portuguesa de Medicina Desportiva e Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Possui igualmente um mestrado em reabilitação cardíaca desde 2015 pela Trinity College Dublin, Irlanda. Em 2018, concluiu o seu doutoramento em Medicina Regenerativa Cardiovascular na University College London com bolsas de doutoramento da Fundação Calouste Gulbenkian e da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

 

ÁREAS DE INTERESSE: Prevenção e reabilitação cardiovascular, medicina desportiva e de exercício, hipertensão, medicina regenerativa cardiovascular.

Formou-se na NOVA Medical School em 2013. É pós-graduada em Medicina Desportiva desde 2018 pela Faculdade de Medicina do Porto. Encontra-se a frequentar o Mestrado de Reabilitação Cardiovascular na Faculdade de Medicina de Lisboa da Universidade de Lisboa. Foi Assistente convidada da Unidade Curricular de Introdução à Prática Clínica na NOVA Medical School (2014-2016) e assistente convidada de Patologia I e II na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa (2015-2018). Atualmente é interna de Cardiologia no Hospital de Santa Maria - Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, EPE.

ÁREAS DE INTERESSE: Insuficiência cardíaca e cardiomiopatias, Prevenção e reabilitação cardiovascular, cardiologia desportiva, arritmologia e pacing.

Mestre em Exercício e Saúde (2018) pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa (FMH-UL), Licenciada em Ciências do Desporto pela FMH-UL (2015).

Desde 2017 que trabalha como Fisiologista do Exercício no Centro de Reabilitação Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CRECUL) e no Estádio Universitário de Lisboa desde 2015 no âmbito de prescrição de exercício físico e aulas de grupo em contexto comunitário.  

Colaboradora em diversos projetos científicos dentro das suas áreas de interesse.

ÁREAS DE INTERESSE: Doença Cardiovascular, Prevenção e Reabilitação Cardiovascular, Fisiologia do Exercício Físico, Prevenção Primária, Avaliação e Prescrição de Exercício Físico, Avaliação e Aconselhamento da Atividade Física, Cardio-Oncologia.

Fisiologista do exercício, é Doutorada em Atividade Física e Saúde (2019) pela Faculdade de Motricidade Humana (FMH-UL), Mestre em Exercício e Saúde pela FMH-UL (2012) e Licenciada em Ciências do Desporto pela FMH-UL (2010). É também pós-graduada em Reabilitação Cardíaca desde 2012 pela FMH-UL.

Atualmente é Investigadora Auxiliar convidada da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e Fisiologista do Exercício no Centro de Reabilitação Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CRECUL).

É investigadora no Centro Interdisciplinar de Estudo da Performance Humana (CIPER) e do Centro Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CCUL).

 

ÁREAS DE INTERESSE: Doença Cardiovascular, Prevenção e Reabilitação Cardiovascular, Fisiologia do Exercício, Avaliação e Prescrição de Exercício Físico.

Mestre em Exercício e Saúde (2017) pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa (FMH-UL), Licenciada em Ciências do Desporto pela FMH-UL (2015).

De 2017 a 2020 trabalhou como investigadora no Instituto de Medicina Molecular (IMM) no projeto “Impacto da Atividade Física no Defeito Cognitivo Vascular – AFIVASC”.

Desde 2020 que trabalha como Fisiologista do Exercício no Centro de Reabilitação Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CRECUL).

Colaboradora em diversos projetos científicos dentro das suas áreas de interesse.

ÁREAS DE INTERESSE: Doença Cardiovascular, Prevenção e Reabilitação Cardiovascular, Fisiologia do Exercício Físico, Avaliação e Prescrição de Exercício Físico, Avaliação da Atividade Física, Defeito Cognitivo Vascular, Exercício Físico na Depressão.

A Reabilitação Cardiovascular (RCV) é uma intervenção estruturada e multidisciplinar realizada em pessoas com doença cardiovascular, após evento agudo (enfarte do miocárdio, agudização de insuficiência cardíaca, cirurgia cardíaca, implantação de dispositivos cardíacos, intervenção percutânea) destinada a promover:

  • a prevenção de eventos cardíacos (enfarte do miocárdio, arritmia, insuficiência cardíaca, morte cardiovascular) e de descompensação cardíaca (agravamento ou início de insuficiência cardíaca);
  • a recuperação ou melhoria da capacidade funcional;
  • a estabilidade psicológica;
  • a alimentação equilibrada e adequada;
  • o controlo dos fatores de risco cardiovascular.

Após o tratamento agudo de uma intervenção cardíaca, o objetivo é recuperar e melhorar os doentes, modificando o estilo de vida, minimizando o risco cardiovascular e reinserindo os doentes na sua vida pessoal, social e profissional.

No Centro de RCV da FMUL/CHULN, temos um programa de RCV certificado pela Associação Europeia de Cardiologia/Sociedade Europeia de Cardiologia (EAPC/ESC).

Este programa abrange toda a cronologia desde o internamento, passando pela fase ambulatória precoce até à fase de manutenção (comunitária).

Inclui um importante componente de avaliação dos doentes, a prova cardiorrespiratória, destinada a avaliar objetivamente a capacidade funcional e a orientar a prescrição de exercício físico.  A avaliação e intervenção em nutrição e psicologia são componentes essenciais do programa, complementando as sessões de exercício físico e o controlo do risco cardiovascular, que engloba a adesão à medicação e à modificação do estilo de vida.

A equipa é constituída por cardiologistas, fisiatras, fisioterapeutas, fisiologistas de exercício, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e administrativa, coordenada por uma cardiologista e centrada no doente.

Além de tratar, é necessário prevenir, e se a doença cardíaca já existe, há uma necessidade em prevenir complicações e em reabilitar o doente.

O nosso objetivo é evitar e tratar as consequências negativas e potenciar todos os aspetos positivos de cada doente de uma forma individualizada.

Centro de Reabilitação Cardiovascular do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) e da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL)

 

Equipa fase 2 - CHULN/FMUL

Cardiologia: Ana Abreu, Inês Ricardo, Nelson Cunha, Pedro Silvério António, Tiago Rodrigues, Pedro Silva

Medicina Física e Reabilitação: Sandra Miguel, Olga Santos

Fisioterapia: Graça Araújo, Gisela Afonso, Marta Ramalhinho, Joana Martins

Fisiologia de Exercício: Rita Pinto

Enfermagem de Reabilitação: Ana Luisa Correia, Edite Caldeira, Sílvia Fiuza, Fátima Salazar

Psiquiatria e Psicologia: Manuela Abreu, Mariana Cordeiro Ferreira

Nutrição: Carla Rodrigues

Cardiopneumologia (TSDT): Paula Sousa, Susana Pires

Administrativa: Débora Sousa

 

Equipa fase 3 - CRECUL (FMUL/FMH/Estádio Universitário)

Cardiologia: Ana Abreu, Inês Ricardo, Nelson Cunha, Pedro Silvério António, Tiago Rodrigues, Pedro Silva

Fisiologia de Exercício: Helena Santa-Clara, Rita Pinto, Madalena Lemos Pires, Mariana Borges

Psiquiatria e Psicologia: Manuela Abreu, Mariana Cordeiro Ferreira

Nutrição: Catarina Sousa Guerreiro, Mariana Liñan Pinto

Cardiopneumologia (TSDT): Susana Pires

 

 O Programa de Reabilitação Cardiovascular do CHULN/FMUL-UL tem dado resposta ao longo de anos a muitos doentes cardiovasculares após eventos agudos, desde o período inicial e estendendo-se a longo prazo. No entanto, por diversas razões, nem todos os doentes têm acesso a programas presencias de RCV. Assim, foi construído um programa de reabilitação cardiovascular à distância:

 

LOGO REC com coração e uma casa

 

Reabilitação Cardiovascular Em Casa

Para este efeito, criámos no site do CHULN, secção do Departamento Coração e Vasos, uma página onde está anunciado o programa em casa, assim como toda a equipa multidisciplinar e os contactos para doentes interessados. Aqui, encontra-se ainda informação de saúde cardiovascular, que será renovada, para doentes, profissionais de saúde e público em geral.

Apenas para os doentes em programa, estabelecemos uma ligação por link onde terão acesso a vídeos de sessões de reabilitação respiratória e de exercício físico com diferentes níveis de intensidade, de acordo com o risco e a capacidade funcional, apresentações sobre temáticas de saúde que fazem parte do habitual programa hospitalar, receitas e conselhos alimentares.

Neste programa, todos os doentes são avaliados inicialmente e têm um acompanhamento telefónico quinzenal por enfermeiras e fisiologistas de exercício. Terão ainda a possibilidade de fazer consultas telefónicas de cardiologia, nutrição e psicologia com os respetivos especialistas.

Com a equipa de Reabilitação Cardíaca os nossos doentes nunca estão sós.

Internacionais

CoroPrevention

Estudo Multicêntrico Europeu que tem como objetivo avaliar o impacto de um programa de prevenção secundária personalizado em pessoas com doença das artérias coronárias de estratificação de risco alto.

Consulte o site

Membros: Ana Abreu e Rita Pinto

Membros

Professora Auxiliar de Cardiologia da Faculdade de Medicina de Lisboa da Universidade de Lisboa desde 2017 e a 100% desde 2018. Doutoramento em "Exercício intervalado de Alta Intensidade em doentes com Insuficiência cardíaca e terapêutica de ressincronização" em 2016. Investigadora do Centro Académico da Universidade de Lisboa (CAML) e Centro Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CCUL) desde 2017. Coordenadora do Programa de Reabilitação Cardiovascular da FMUL/CHULN acreditado pela European Society of Cardiology (ESC) em 2020. Coordenadora do Mestrado de Reabilitação Cardiovascular da FMUL. Directora do Laboratório de Exercício e Reabilitação Cardiovascular da FMUL. Past-Chair Secondary Prevention and Rehabilitation of European Association of Preventive Cardiology (EAPC), Chair ESC Preventive Cardiology Congress 2020-21, membro de Education Committee EAPC e Advocacy Committee EAPC, membro do Comité Científico do Programa do ESC Congress 2019-2021. Ex-Coordenadora do  Grupo de Estudos de Fisiopatologia de Exercício e Reabilitação Cardíaca da Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC). Coordenadora de Prevenção Cardiovascular da SPC na EAPC. Membro do Corpo Redactorial de Revista Portuguesa de Cardiologia e Monaldi Chest Archives. Revisora de EHJ, EJPC, IJC, REPC, JCVS Formou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa em 1984 e fez a Especialidade de Cardiologia no Serviço de Cardiologia do Hospital de S. Marta, CHLC. Trabalhou como Assistente Hospitalar Graduada de Cardiologia no Serviço de Cardiologia do Hospital de S. Marta, CHLC entre 1987 e 2017 e do Hospital de S. Maria, CHULN, a partir de 2018.

 

ÁREAS DE INTERESSE: Prevenção e reabilitação cardiovascular, Exercício em populações específicas (insuficiência cardíaca, doentes submetidos a implante de dispositivos ou TAVI) e Ergometria (Provas de esforço cardiorrespiratórias), Imagem (Ecocardiografia, Cardiologia Nuclear), Avaliação multidimensional do idoso, Função do sistema nervoso autónomo e Inflamação

Fisiologista do exercício, é Doutorada em Atividade Física e Saúde (2019) pela Faculdade de Motricidade Humana (FMH-UL), Mestre em Exercício e Saúde pela FMH-UL (2012) e Licenciada em Ciências do Desporto pela FMH-UL (2010). É também pós-graduada em Reabilitação Cardíaca desde 2012 pela FMH-UL.

Atualmente é Investigadora Auxiliar convidada da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e Fisiologista do Exercício no Centro de Reabilitação Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CRECUL).

É investigadora no Centro Interdisciplinar de Estudo da Performance Humana (CIPER) e do Centro Cardiovascular da Universidade de Lisboa (CCUL).

 

ÁREAS DE INTERESSE: Doença Cardiovascular, Prevenção e Reabilitação Cardiovascular, Fisiologia do Exercício, Avaliação e Prescrição de Exercício Físico.

 

  1. Pedretti, R. F., Iliou, M. C., Israel, C. W., Abreu, A., Miljoen, H., Corrà, U., ... & Hansen, D. (2021). Comprehensive multicomponent cardiac rehabilitation in cardiac implantable electronic devices recipients: a consensus document from the European Association of Preventive Cardiology (EAPC; Secondary prevention and rehabilitation section) and European Heart Rhythm Association (EHRA). European Journal of Preventive Cardiology http://dx.doi.org/10.1093/eurjpc/zwaa121
  2. Ambrosetti, M., Abreu, A., Cornelissen, V., Hansen, D., Iliou, M. C., Kemps, H., ... & Vigorito, C. (2020). Delphi consensus recommendations on how to provide cardiovascular rehabilitation in the COVID-19 era. European Journal of Preventive Cardiology. http://dx.doi.org/10.1093/eurjpc/zwaa080
  3. Piepoli, M. F., Abreu, A., Albus, C., Ambrosetti, M., Brotons, C., Catapano, A. L., ... & Tiberi, M. (2020). Update on cardiovascular prevention in clinical practice: A position paper of the European Association of Preventive Cardiology of the European Society of Cardiology. European journal of preventive cardiology, 27(2), 181-205. http://dx.doi.org/10.1177/2047487319893035
  4. Abreu, A., Frederix, I., Dendale, P., Janssen, A., Doherty, P., Piepoli, M. F., ... & Davos, C. H. (2020). Standardization and quality improvement of secondary prevention through cardiovascular rehabilitation programmes in Europe: The avenue towards EAPC accreditation programme: A position statement of the Secondary Prevention and Rehabilitation Section of the European Association of Preventive Cardiology (EAPC). European Journal of Preventive Cardiology, 2047487320924912. https://doi.org/10.1177/2047487320924912
  5. Ambrosetti, M.; Abreu, A.; Corrà, U.; Davos, C. H.; Hansen, D.; Frederix, I.; Iliou, M. C.; et al. 2020. "Secondary prevention through comprehensive cardiovascular rehabilitation: From knowledge to implementation. 2020 update. A position paper from the Secondary Prevention and Rehabilitation Section of the European Association of Preventive Cardiology". European Journal of Preventive Cardiology: 204748732091337. http://dx.doi.org/10.1177/2047487320913379
  6. Kotseva, K.; De Backer, G.; De Bacquer, D.; Rydén, L.; Hoes, A.; Grobbee, D.; Maggioni, A.; Marques-Vida, P.; Abreu, A.; Aguiar, C.; et al. 2020. "Primary prevention efforts are poorly developed in people at high cardiovascular risk: A report from the European Society of Cardiology EURObservational Research Programme EUROASPIRE V survey in 16 European countries". European Journal of Preventive Cardiology: 204748732090869. http://dx.doi.org/10.1177/2047487320908698
  7. Santiago de Araujo Pio, C.; Beckie, T. M.; Varnfield, M.; Sarrafzadegan, N.; Babu, A. S.; Baidya, S.; Buckley, J.; Chen, S. Y.; Gagliardi, A.; Heine, M.; Khiong, J. S.; Mola, A.; Radi, B.; Supervia, M.; Trani, M. R.; Abreu, A.; Sawdon, J. A.; Moffatt, P. D.; Grace, S. L. 2020. "Promoting patient utilization of outpatient cardiac rehabilitation: A joint International Council and Canadian Association of Cardiovascular Prevention and Rehabilitation position statement". International Journal of Cardiology 298: 1-7. http://dx.doi.org/10.1016/j.ijcard.2019.06.064
  8. Piepoli, M. F.; Abreu, A.; Albus, C.; Ambrosetti, M.; Brotons, C.; Catapano, A. L.; Corra, U.; Cosyns, B.; Deaton, C.; Graham, I.; Hoes, A.; Lochen, M. L.; Matrone, B.; Redon, J.; Sattar, N.; Smulders, Y.; Tiberi, M. 2019. "Update on cardiovascular prevention in clinical practice: A position paper of the European Association of Preventive Cardiology of the European Society of Cardiology". European Journal of Preventive Cardiology 27 (2): 181-205. http://dx.doi.org/10.1177/2047487319893035
  9. Aguiar-Ricardo I.; Nunes-Ferreira A.; Roda Â.; Bras-Rosario L. 2019. Omalizumab induced Takotsubo syndrome: case report. Eur Heart J Case Rep 3 (1). http://dx.doi.org/10.1093/ehjcr/yty155
  10. Hansen, D.; Kraenkel, N.; Kemps, H.; Wilhelm, M.; Abreu, A.; Pfeiffer, A. F.; Jordao, A.; Cornelissen, V.; Voller, H. 2019. "Management of patients with type 2 diabetes in cardiovascular rehabilitation". European Journal of Preventive Cardiology 26 (2_suppl): 133-144. http://dx.doi.org/10.1177/2047487319882820
  11. Agostinho J.R.; Goncalves I.; Rigueira J.; Aguiar-Ricardo I.; Nunes-Ferreira A.; Santos R.; Guimaraes T.; Alves P.; Cunha N, Rodrigues T.; Andre N.; Pedro M.; Veiga F.; Pinto F.J.; Brito D. 2019 Protocol-based follow-up program for heart failure patients: Impact on prognosis and quality of life. Rev Port Cardiol 38 (11):755-764. http://dx.doi.org/10.1016/j.repc.2019.03.006
  12. Abreu, A. 2019. "Multiple cardiovascular risk factor control: still a challenge?". European Journal of Preventive Cardiology: 204748731988372. http://dx.doi.org/10.1177/2047487319883725
  13. Aguiar-Ricardo I.; Mateus H.; Gonçalves-Pereira J. 2019. Hidden hospital mortality in patients with sepsis discharged from the intensive care unit. Rev Bras Ter Intensiva 31 (2):122-128. http://dx.doi.org/10.5935/0103-507x.20190037
  14. Abreu, A. 2019. "In-hospital psychological intervention in cardiac rehabilitation following acute coronary syndrome: Brief is better than nothing". Revista Portuguesa de Cardiologia 38 (5): 369-372. http://dx.doi.org/10.1016/j.repce.2019.06.008
  15. Witvrouwen, I.; Van Craenenbroeck, E. M.; Abreu, A.; Moholdt, T.; Krankel, N. 2019. "Exercise training in women with cardiovascular disease: Differential response and barriers – review and perspective". Eur J Prev Cardiol: 204748731983822. http://dx.doi.org/10.1177/2047487319838221
  16. Abreu, A.; Pesah, E.; Supervia, M.; Turk-Adawi, K.; Bjarnason-Wehrens, B.; Lopez-Jimenez, F.; Ambrosetti, M.; Andersen, K.; et al. 2019. "Cardiac rehabilitation availability and delivery in Europe: How does it differ by region and compare with other high-income countries?". European Journal of Preventive Cardiology 26 (11): 1131-1146. http://dx.doi.org/10.1177/2047487319827453

 

Os Workshops e Webinares são sessões de ensino estruturado que se focam em subtemas de cada componente da reabilitação cardíaca e são lecionadas por profissionais de saúde da equipa de reabilitação cardíaca ou convidados especializados na área a lecionar. O objetivo de cada sessão é alertar, sensibilizar e educar tanto o doente como os seus familiares/cuidadores para os diferentes tópicos adjacentes à patologia e promover momentos de interação, de esclarecimento de possíveis dúvidas, contacto com diversos profissionais e convívio. Trimestralmente é realizada uma sessão educativa ou em formato de workshop (dirigido aos participantes e familiares/cuidadores do programa de Reabilitação Cardiovascular) ou em formato de webinar (aberto a toda a comunidade).

Share
Contactos

 

Avenida Professor Egas Moniz,

Edifício Reynaldo dos Santos, piso 0

1649-028 Lisboa - Portugal

Telefone
+351...