Área de Biblioteca e Informação

Compete, em termos gerais, apoiar o ensino, investigação e prática clínica na FMUL, procedendo à gestão, organização, conservação e difusão de recursos bibliográficos e documentais em qualquer suporte, e do Arquivo Histórico e Património Museológico.

Visão
Ser uma Biblioteca de referência a nível nacional e internacional, exemplar nas metodologias de atuação e atualização constante, com enfoque no  cliente – o utilizador da documentação e informação.

Missão
A  Biblioteca-CDI da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa tem por missão organizar, gerir e difundir recursos e fontes documentais, constituindo um polo de conhecimento e disseminação do saber que visa promover a acessibilidade do utilizador à informação de modo a contribuir com pertinência e evidência para a educação, investigação e tomadas de decisão na prática médica no CAML: Centro Académico de Medicina de Lisboa (FMUL, IMM e CHLN).

Lema
Trabalhar sempre em prol das necessidades do utilizador e dos seus interesses, chamando a si a responsabilidade de desenvolver incessantemente as suas capacidades profissionais e de relacionamento humano, revelando interesse pelo evoluir das tecnologias da informação, pesquisando novas fontes de informação em saúde, de modo a estabelecer com o utilizador uma cumplicidade profissional que conduza à excelência dos serviços prestados.

 

Visite-nos no Facebook  e no Twitter.

 

Consulte AQUI a produção científica da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

HORÁRIOS DE ATENDIMENTO

Edifíco Central

Piso 6 
Salas de Leitura Geral e Periódicos
Segunda a Sexta: 09h00 – 21h00 
Sala Multimedia e Auto-aprendizagem
Segunda a Sexta: 09h00 – 20h00 

Piso 7
Sala de Tratamento Técnico e Depósitos

Segunda a Sexta: 09h00 – 17h00 

Piso 01 
Pólo das Ciências Morfológicas
Segunda a Quinta: 09h30 - 06h00 do dia seguinte ininterruptamente 
Sexta: 09h30h - 00h00
Sábados: das 14h30 às 06h00 da 2ª feira seguinte

Edifício Reynaldo dos Santos
Piso 1

Sala de Estudo 
Segunda a Sexta: 08h00h - 20h00

Regulamento

Política de Doações

Sobre Ciência Aberta

 

Conceito

A Ciência Aberta permite a partilha do conhecimento entre a comunidade científica, a sociedade e as empresas, possibilitando desta forma ampliar o reconhecimento e o impacto social e económico da ciência. Ciência Aberta é mais do que a disponibilização em acesso aberto de dados e publicações, é a abertura do processo científico enquanto um todo, reforçando o conceito de responsabilidade social científica. A implementação de uma prática de Ciência Aberta é também geradora de múltiplas oportunidades de inovação. Permite impulsionar o desenvolvimento de novos produtos, serviços, negócios e empresas.

 

Pilares da Ciência aberta

  • Acesso Aberto
  • Dados Abertos
  • Investigação | Inovação Aberta
  • Redes Abertas de Ciência
  • Ciência Cidadã

 

Vantagens da Ciência Aberta

  • Aumenta a eficiência na investigação
  • Aumenta o conhecimento do processo de trabalho científico
  • Promove o rigor académico e aumenta a qualidade da investigação
  • Acelera a criação de novos temas de investigação
  • Promove o envolvimento da sociedade e da cultura / literacia científica
  • Aumenta o impacto económico e social da ciência
  • Valoriza a propriedade intelectual
  • Promove o retorno científico para as instituições

 

Orientação Nacional:

Política Nacional de Ciência Aberta: PNCA | ciencia-aberta
Política de Acesso Aberto da FCT: Acesso Aberto a Publicações Científicas - FCT
Política sobre a Disponibilização de Dados e outros Resultados de Projetos de I&D Financiados Pela FCT: PoliticaAcessoAberto_Dados.pdf (fct.pt)

 

Orientação da UNESCO:

Unesco Open Science: Open science | UNESCO
Recomendação da Unesco sobre Ciência Aberta: Recomendacao-UNESCO-CienciaAberta.pdf (ipsantarem.pt)

 

Publicar em Acesso Aberto:

Diretório de revistas em Acesso Aberto: https://doaj.org/
Políticas de Acesso Aberto das revistas científicas:

Aspetos a considerar na publicação em Acesso Aberto: https://thinkchecksubmit.org/

 

Repositórios Científicos:

RCAAP – Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal :https://doaj.org/
Repositório Institucional da Universidade de Lisboa: https://repositorio.ul.pt/

 

Repositórios de Dados de Investigação:

Pólen (FCCT): https://polen.fccn.pt/repositorio-de-dados/
Zenodo:  https://zenodo.org/
Figshare: https://figshare.com/

 

Publicação de Preprints

O que é um preprint? https://asapbio.org/preprint-info
Diretório de Repositórios de preprints: https://asapbio.org/preprint-servers

 

Saber mais sobre Ciência Aberta:| FOSTER (fosteropenscience.eu)

Esta área é um espaço de apoio às atividades de ensino, aprendizagem e investigação do Centro Académico de Medicina de Lisboa (CAML), promovendo o desenvolvimento de competências que permitam localizar, avaliar e usar eficazmente a informação necessária, a partir dos recursos disponíveis na Biblioteca-CDI: competências em literacia da informação e seguindo as boas práticas internacionais.

A Biblioteca-CDI colabora na formação pré e pós-graduada da FMUL, em articulação com diversas Unidades Curriculares, com o Departamento de Educação Médica, o Gabinete de Apoio à Investigação e o Gabinete de Apoio ao Estudante.

Para solicitar uma sessão de formação ou algum esclarecimento sobre esta área, envie mensagem para bibl.formacao@medicina.ulisboa.pt

 

A Biblioteca-CDI teve a sua origem na Livraria Cirúrgica da Escola de Cirurgia fundada em 1815 e que funcionava no Hospital Real de S. José, dispondo portanto de um vasto e valioso núcleo de livros de interesse histórico com aproximadamente 4 000 exemplares. Esta colecção é muito rica em espécies dos séculos XVI a XIX, provenientes do fundo de antigas livrarias conventuais extintas e de legados importantes de que é exemplo o do Dr. Simão José Fernandes.

Decorreu em articulação com o projecto da Universidade de Lisboa “UL Digital”, um projeto da Biblioteca-CDI, no âmbito do Projeto de Informatização e Preservação Documental financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian.

Obras Raras Digitalizadas

A Biblioteca da Faculdade de Medicina de Lisboa teve as suas origens em 1815, na Livraria Cirúrgica da Escola de Cirurgia, localizada no Hospital de S. José, antecedendo a própria criação da Real Escola de Cirurgia em 1825.

Os ajudantes e praticantes matriculados nas aulas de Anatomia e Cirurgia, pediram ao Príncipe Regente D. João, a criação de uma biblioteca de medicina, detentora de manuais essenciais aos seus estudos, de autores como Santucci, Cullen, Dufau, Soares Franco, Sant’ana e outros.

Em 1834, a vaga liberal conduz à extinção de conventos e mosteiros, transitando para a Biblioteca da Escola Médico-Cirúrgica, parte dos livros de Medicina contidos nos seus valiosos espólios.

Em 1845, foi enriquecida esta biblioteca com o legado do médico Simão José Fernandes (4000 livros), que englobava uma preciosa colecção de livros raros.

Em 1910/11, a Biblioteca foi transferida para um novo edifício construído no Campo de Santana, para a Escola Médico-Cirúrgica (a partir de então designada Faculdade de Medicina de Lisboa).

Em 1954, a Biblioteca é de novo transferida para o edifício do Hospital (Escolar) de Santa Maria onde permanece até hoje.

Orgulhosa do seu passado, mas de olhos postos no futuro, a Biblioteca-CDI pretende contribuir para o incremento da qualidade e competitividade do ensino/aprendizagem e investigação, alinhando a sua estratégia de atuação com os objetivos definidos para a FMUL e de acordo com os níveis de excelência e qualidade promovidos pela ULisboa.

Equipa

 

A equipa tem por lema “trabalhar sempre em prol das necessidades do utilizador e dos seus interesses, chamando a si a responsabilidade de desenvolver incessantemente as suas capacidades profissionais e de relacionamento humano, revelando interesse pelo evoluir das tecnologias da informação, pesquisando novas fontes de informação em saúde, de modo a estabelecer com o utilizador uma cumplicidade profissional que conduza à excelência dos serviços prestados”.

Compromisso institucional, credibilidade, inovação e cooperação são os seus valores.

Organograma

Professor Bibliotecário

Prof. Doutor Mamede Alves de Carvalho
Extensão Interna: 44 160 
Email: biblioteca@medicina.ulisboa.pt

Chefe de Divisão 

Mestre Susana Oliveira Henriques  
Extensão Interna: 44 162 
Email: susanahenriques@medicina.ulisboa.pt

Unidade de Apoio ao Ensino e Investigação

Compete, em termos gerais promover a autonomia dos utilizadores para acesso aos recursos digitais, garantir a preservação e divulgação da produção científica da FM e do IMM no repositório institucional da ULisboa; proceder à recolha, gestão e validação de dados bibliométricos.

Bibliometria | Literacia da Informação 

Maria João Paulo 
Extensão Interna: 44 172 
Email: mpaulo@medicina.ulisboa.pt

Susana Oliveira Henriques
Extensão Interna: 44 162  
Email: susanahenriques@medicina.ulisboa.pt

Repositório

André Silva
Extensão Interna: 47 076 
Email: andresilva@medicina.ulisboa.pt

Fernando Machado 
Extensão Interna: 44 160 
Email: fjmachado@medicina.ulisboa.pt

Sofia Amador 
Extensão Interna: 44 163 
Email: sofiamador@medicina.ulisboa.pt

Planeamento e Gestão de Qualidade 

Ana Cristina Mota
Extensão Interna: 44 171  
Email: goncalom@medicina.ulisboa.pt

Unidade de Difusão da Informação

Compete, em termos gerais, garantir o acesso à informação, aos recursos e fontes documentais disponíveis, o normal funcionamento dos recursos digitais e a sua interligação com outros sistemas ou redes de informação de saúde.

Serviço de Referência

André Silva
Extensão Interna: 47 076 
Email: andresilva@medicina.ulisboa.pt

Lurdes Barata 
Extensão Interna: 44 165
Email: lurdesb@medicina.ulisboa.pt

Maria João Paulo 
Extensão Interna: 44 172 
Email: mpaulo@medicina.ulisboa.pt

Serviço de Atendimento

Marcos Alemão 
Extensão Interna: 44 170 
Email: marcus@medicina.ulisboa.pt

Saúl Alemão
Extensão Interna: 44 172 
Email: saulalemao@medicina.ulisboa.pt

Cooperação e  Marketing

Sara Ribeiro 
Extensão Interna: 41 120  
Email: sararibeiro@medicina.ulisboa.pt

Unidade de Biblioteconomia, Arquivo Histórico e Património Museológico

Compete, em termos gerais, os processos de aquisição e de gestão do acervo documental e museológico.

Biblioteconomia

Alda Guimarães  
Extensão Interna: 41 170  
Email: alda@medicina.ulisboa.pt

Isabel Cameirinha
Extensão Interna: 44 160 
Email: leonoris@medicina.ulisboa.pt

Lucília Mateus 
Extensão Interna: 44 160 
Email: luciliamateus@medicina.ulisboa.pt

Arquivo Histórico | Património Museológico

André Silva 
Extensão Interna: 47 076 
Email: andresilva@medicina.ulisboa.pt

Lurdes Barata 
Extensão Interna: 44 165
Email: lurdesb@medicina.ulisboa.pt

Maria João Machado 
Extensão Interna: 44 160 
Email: machado4@medicina.ulisboa.pt

 

 

Contactos

Avenida Professor Egas Moniz, Hospital de Santa Maria
Piso 01, 6  e 7 - Elevadores 8 e 16
1649-028 Lisboa – Portugal

Transportes

Metro: Linha Amarela (estação ‘Cidade Universitária’)
Autocarros: 701, 735, 738, 755, 764, 768 

Geral: biblioteca@medicina.ulisboa.pt 

Empréstimo interbibliotecas e Formação: bibl@medicina.ulisboa.pt 

 

Telefone
+351 21 798 51 34 (Piso 6)
+351 21 798 51 32 (Piso 7)
+351 21 798 51 45 (Pólo das Ciências Morfológicas, piso 01)