Reabilitação Cardiovascular

A reabilitação cardiovascular, permite como estratégia de prevenção secundária, recuperar o doente após evento cardiovascular agudo, como um todo, de forma multidisciplinar. Este processo diminui a incapacidade, permitindo o retorno precoce ao trabalho e adiando a reforma, melhora a qualidade e quantidade de vida e reduz os efeitos negativos psicológicos e novos eventos, mais gravosos pela repetição e continuação da progressão da doença.

Numa fase prévia, não menos importante e em continuidade com a prevenção secundária, a prevenção primária deve também ser considerada uma prioridade do investimento em saúde.

No contexto de uma Medicina encarada como um todo, a investigação e a prática clínica integram conjuntamente o conhecimento científico e a sua implementação. A clínica baseia-se em resultados comprovados cientificamente, envolvendo mecanismos fisiopatológicos e efeitos das intervenções terapêuticas. Por outro lado, a atividade assistencial serve de suporte à investigação clínica, permitindo questionar pressupostos estabelecidos e alcançar novas conclusões.

A Universidade de Lisboa, em conjunto com o Hospital de Santa Maria, reúne as condições ideais e necessárias à construção de um grande projeto, inovador, reunindo a vertente clínica e de investigação, permitindo prestar aos doentes, e à população em geral, um serviço único com consequências importantes a nível da promoção em saúde e da prevenção de doença cardiovascular.

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, é pioneira no país, na realização de um primeiro Mestrado em Reabilitação Cardiovascular, contribuindo para a excelência da especificidade profissional e da investigação científica nesta área.

Objetivos

O Curso de Mestrado de Reabilitação Cardiovascular tem como objetivos fundamentais:

  • Promover a formação profissional específica de excelência dos profissionais de saúde que integrem ou pretendam ingressar em equipas multidisciplinares de prevenção e reabilitação cardíaca;
  • Desenvolver com rigor a investigação científica avançada nas áreas da prevenção primária e secundária e da reabilitação cardiovascular.
Aquisição de Competências

No final do Curso de Mestrado, os alunos deverão ter adquirido:

  1. Conhecimento nas áreas de ciências da saúde, especificamente em medicina, mas também em nutrição, psicologia, exercício e também em ciências de comunicação e educação em saúde;
  2. Especificidade na realização de programas de exercício e aconselhamento em atividade física e desportiva para doentes cardiovasculares e indivíduos de risco cardiovascular elevado;
  3. Competências para integrar e/ou coordenar equipas multidisciplinares no âmbito de programas de prevenção e reabilitação cardiovascular;
  4. Capacidade de integração em equipas de gestão hospitalar ou de políticas de saúde em prevenção cardiovascular, primária e secundária;
  5. Ferramentas para participar e/ou liderar projetos de investigação nas áreas de ciências de saúde interligadas à prevenção e reabilitação cardiovascular.
Destinatários e Vagas

Devido à multidisciplinaridade da Reabilitação Cardiovascular, com várias áreas de saúde envolvidas, podem candidatar-se a este ciclo de estudos todos aqueles que tenham uma formação de base nas áreas científicas transversais do ciclo de estudos, que lhes permita acompanhar os conteúdos científicos:

  • Titulares do grau de licenciado em Medicina, Ciências do Desporto – Fisiologia do Exercício, Enfermagem, Psicologia ou Ciências e Tecnologia de Saúde – Nutrição, Fisioterapiaoutras áreas afins às Ciências da Saúde ( e.g. licenciatura em Serviço Social).
  • Titulares do grau de mestre em Exercício e Saúde.

Considera-se critério essencial o conhecimento de Língua Inglesa, sendo a bibliografia sobretudo em inglês e podendo existir candidatos e convidados estrangeiros.

O Mestrado de Reabilitação Cardiovascular funcionará com o número máximo de 25 inscrições.

Estão abertas inscrições, para os participantes externos, aos Seminários da Prevenção da Doença Cardiovascular do Curso de Mestrado em Reabilitação Cardiovascular

 

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÕES

 

O valor da inscrição dos Seminários de cada unidade curricular é de 50€ para os candidatos pertencentes à Comunidade do Centro Académico de Medicina da Universidade de Lisboa e 70€ para outros candidatos.

A inscrição nos Seminários é feita mediante o preenchimento do formulário e o pagamento do respetivo valor da inscrição para a seguinte entidade:

AIDFM
NIB: 001800003666547200180   ||   IBAN: PT50001800003666547200180

O formulário para a frequência dos Seminários e o comprovativo de pagamento deverá ser enviado para o e-mail mestrados@medicina.ulisboa.pt.

Devido à multidisciplinaridade da Reabilitação Cardiovascular, com várias áreas de saúde envolvidas, podem candidatar-se a este ciclo de estudos todos aqueles que tenham uma formação de base nas áreas científicas transversais do ciclo de estudos, que lhes permita acompanhar os conteúdos científicos:

  • Titulares do grau de licenciado em Medicina, Ciências do Desporto – Fisiologia do Exercício, Enfermagem, Psicologia ou Ciências e Tecnologia de Saúde – Nutrição, Fisioterapiaoutras áreas afins às Ciências da Saúde ( e.g. licenciatura em Serviço Social).
  • Titulares do grau de mestre em Exercício e Saúde.

Considera-se critério essencial o conhecimento de Língua Inglesa, sendo a bibliografia sobretudo em inglês e podendo existir candidatos e convidados estrangeiros.

O Mestrado de Reabilitação Cardiovascular funcionará com o número máximo de 25 inscrições.

Comissão Científica

Prof.ª Ana Abreu – Coordenadora
Prof. Fausto Pinto (FMUL)
Prof.ª Helena Santa Clara (FMH)
Prof.ª Catarina Sousa Guerreiro (FMUL)