Creditações MIM - Núcleo Curricular Optativo
Núcleo Curricular Optativo

NOTA: A avaliação quantitativa só se aplica aos alunos que no ano letivo 2020/2021 estejam a frequentar o 1.º, 2.º e 3.º ano do Curso de Mestrado Integrado em Medicina.

Regulamento de Creditações da FMUL

Regulamento de Creditação e Integração Curricular de Experiências Profissionais e Formações Académicas da Universidade de Lisboa

Após apreciação e validação da Comissão de Acompanhamento das Atividades do Núcleo Curricular Optativo do Mestrado Integrado em Medicina, o Conselho Científico aprovou, por unanimidade, na sua reunião de 17 de setembro, a creditação ao Núcleo Curricular Optativo das atividades organizadas pela AEFML e ANEM. 

Os estudantes que tiverem realizado alguma destas atividades podem apresentar o seu pedido de creditação de acordo com o definido nos separadores “Prazos”, “Instrução do Pedido” e “Pagamento do Emolumento”. 

a) A apresentação de pedidos de creditação com base na alínea e) do n.º 2 do artigo 2.º “Reconhecer, através da atribuição de créditos, competências não abrangidas pelas alíneas anteriores, nomeadamente resultantes de outra formação, experiência profissional ou vivencial” carece de aprovação das mesmas por parte do Conselho Científico da FMUL:

  • Para atividades da responsabilidade da AEFML ou da ANEM – o pedido deverá ser apresentado pela AEFML;
  • Para atividades organizadas por outras instituições – o pedido deverá ser apresentado pelo próprio aluno e os comprovativos enviados para o e-mail nucleocurricularoptativo@medicina.ulisboa.pt


A solicitação de aprovação da atividade deve ser apresentada sob a forma de formulário do qual deve constar:

  • Nome da atividade
  • Descrição (âmbito, trabalho desenvolvido, enquadramento e contributo para a formação médica)
  • Objetivos
  • Duração (discriminando entre número de horas de contacto e horas de trabalho autónomo, quando aplicável)
  • Nº de ECTS (tendo em conta que 28h correspondem a 1 ECTS)
  • Responsável pela atividade e respetivo contacto eletrónico e/ou telefónico
  • Especificação se é uma atividade de âmbito clínico ou não
  • Tabela de avaliação específica (opcional)

 

b) O número máximo de ECTS que pode ser creditado deverá ter em consideração que, de acordo com o Regulamento do Núcleo Curricular Optativo pelo menos 7 ECTS deve ser realizado no domínio da Medicina e das Ciências Biomédicas.

 

c) Situações específicas:

  • Os alunos apenas podem creditar 14 ECTS no MIM e 8 ECTS na Licenciatura em Ciências da Nutrição (LCN) durante o seu percurso académico.
  • Unidades curriculares realizadas noutra licenciatura ou mestrado integrado – apenas podem ser creditadas as que não coincidam e não tenham sido utilizadas na creditação no Núcleo Curricular Obrigatório da FMUL.
  • Cursos de Língua – apenas são creditados os de nível B ou superior, que não tenha sido realizado há mais de 3 anos.
  • Ao longo do Curso, por cada língua estrangeira, o aluno apenas pode ser creditado uma vez, de acordo com o certificado apresentado.
  • No MIM a creditação de atividades com um número de ECTS ímpar está condicionada a duas tendo em consideração a distribuição do número de ECTS por semestre previsto no plano de estudos.
  • As atividades identificadas na alínea e) do n.º 2 do artigo 2.º apenas podem ser apresentadas até, no máximo, três (3) anos letivos no MIM e dois (2) anos letivos em LCN, após a realização dessa atividade.
  • Para creditação do Projeto GAPIC - Programa Educação pela Ciência, devem os alunos interessados em serem creditados inscrever-se no Projeto de Investigação no ano letivo em que se encontra prevista a conclusão do projeto.

Período para realização de pedidos

De 16 de setembro (a partir das 10h) até 16 de outubro de 2020 (até às 16h)

  1. Preenchimento do FORMULÁRIO ON-LINE
  2. Entrega de documentação:

Após a apresentação do pedido de creditação deverá o aluno efetuar os seguintes procedimentos:

  • Até 5 dias após a submissão do pedido entregar da documentação original em envelope fechado devidamente identificado com o nome do aluno e a indicação de que se trata de um pedido de creditação, em caixa de correio colocada no Piso 3 – Serviços Técnico-Administrativos para o efeito;
  • Enviar a digitalização da documentação requerida no artigo 8.º para o endereço de correio eletrónico nucleocurricularoptativo@medicina.ulisboa.pt cumprindo os seguintes procedimentos:
    • Deverá ser enviado um pdf por cada pedido de creditação apresentado;
    • A mensagem de correio eletrónico deverá identificar corretamente o Curso a que está a apresentar o pedido de creditação (para o  Mestrado Integrado em Medicina – Identificar MIM e para a Licenciatura em Ciências da Nutrição – Identificar LCN) e se a mesma se refere ao núcleo curricular obrigatório (Identificar NCO) e/ou a unidades curriculares optativas (Identificar UCO).
  • Unidades curriculares de outras Licenciaturas ou Mestrados Integrados - o aluno deverá entregar preenchido o formulário disponibilizado no Portal da Faculdade no qual deverá identificar para cada uma das unidades curriculares apresentadas para pedir creditação o domínio em que as mesmas se inserem. 

 

  • CEMEF; Estágios; Estágios de Investigação; Intercâmbios: O certificado de realização de CEMEF, Estágios, Estágios de Investigação, Intercâmbio ou outras atividades (com carga horária superior a 10h), deve conter o nome completo do aluno, nome da atividade, área de desenvolvimento, período de realização (data de início e de fim), total de horas e breve descrição das atividades desenvolvidas. Relatório da atividade elaborado pelo aluno.
  • Estágios do GAPIC – certificado do GAPIC com a indicação do título do projeto e o relatório elaborado pelo aluno.


O relatório deve seguir as seguintes especificações:

  1. Uma capa, que deve incluir: o nome do projeto; o nome do aluno; o número de aluno;
  2. Uma página de texto: Tipo de letra Calibri, tamanho 12; Espaçamento entre linhas de 1,0; Margens: 2,5cm superior e inferior e 3cm à esquerda e à direita;
  3. Breve descrição da atividade, a qual deve incluir descrição da preparação para a atividade, formação que frequentou para a realização da mesma e respetiva descrição do trabalho de campo;
  4. Contributo para o enriquecimento pessoal e para a formação médica;
  5. Apreciação pessoal da atividade;
  6. Impacto do projeto no meio em que se insere (centro de investigação, comunidade desfavorecida, escola do ensino básico ou secundário, etc.).
  7. As atividades de âmbito clínico podem ter até duas páginas de texto, com as especificações supramencionadas.

O pagamento do emolumento será de acordo com o número de ECTS de unidades curriculares de outras Licenciaturas ou Mestrados Integrados a que solicitar creditação e identificadas na plataforma de pedidos de creditação e no Formulário referente aos domínios em que estas se inserem e / ou o número de ECTS contabilizados para as atividades no âmbito da alínea e) do n.º 2 do artigo 2.º do regulamento de Creditações da FMUL.

Consultar no Portal Académico a referência multibanco para proceder ao pagamento do emolumento afeto ao pedido de equiparação de formação académica, (que só pode ser criado depois de entregues todos os documentos exigidos) dispondo de um prazo máximo de 5 dias após a disponibilização da referência multibanco, para efetuar o referido pagamento.

Horário de Atendimento da Unidade de Gestão Curricular
2.ª, 4.ª e 6.ª feira: 10h – 13h
3.ª e 5.ª feira: 10h – 13h e das 14h -16h