Clínica Universitária de Oncologia Médica
Direção


Missão

A Clínica Universitária de Oncologia médica tem como principal missão constituir-se como um pólo de excelência no exercício clínico da oncologia, na investigação clínica e de translação, e na capacidade de transmitir conhecimento e experiência médica a nível pré e pós- graduado.


Visão

A nossa visão é a de que estes três campos de actuação são necessariamente interdependentes: não pode haver excelência clínica em oncologia sem preocupação pela melhoria de resultados; estes pressupõem acesso à inovação e ao estudo por uma equipa que está motivada pela prática médica e pelo desafio de partilhar conhecimento e curiosidade intelectual com colegas, alunos e jovens médicos, bem como com investigadores não-médicos. O futuro da Clínica Universitária de Oncologia Médica depende, sobretudo, da sua capacidade em atrair novos talentos e aliar a auto-renovação a uma experiência sólida. O exercício clínico num Centro Académico possui vantagens inegáveis para o alcance destes objectivos.

A Clínica Universitária de Oncologia Médica desenvolve uma actividade crescente em investigação clínica internacional e investigação de translação, a par com uma actividade clínica muito intensa e com a participação no ensino pré e pós-graduado na FMUL.


Investigação

A Actividade Científica da Clínica Universitária de Oncologia Médica desenvolve-se sobretudo em duas áreas:

  • estudos clínicos de intervenção
  • estudos de translação (com o apoio do seu Laboratório no IMM, agora designado por Luís Costa Lab). A Clínica Universitária de Oncologia Médica participou em estudos de fase 1, 2 e estudos de fase 3 de intervenção (em 2018 estava envolvida em 31 ensaios de intervenção) e 2 estudos observacionais prospetivos internacionais.

Os estudos de translação são desenvolvidos no IMM e no CAML, por vezes em colaboração com algumas universidades estrangeiras (Penn State University). Todos os projectos de investigação de translação incluem necessariamente o estudo de amostras humanas e pressupõem que o plano experimental dos modelos in vitro e in vivo visa responder a perguntas clínicas. Por estes motivos, o Ensino da Oncobiologia tem sido a principal responsabilidade docente a que esta Clínica Universitária está associada. A Clínica participa como elemento coordenador daquela unidade de ensino, sobretudo no desenvolvimento do conteúdo programático.

Desde 2015, A Clínica Universitária de Oncologia Médica intensificou também a sua participação no ensino clínico de Oncologia, através do aumento do conteúdo programático da Medicina I no 4º ano do Mestrado Integrado de Medicina. São muitas as expectativas dos discentes em puderem ter contacto com a actividade diária da Clínica Universitária de Oncologia Médica, na vertente do simples exercício clínico da Oncologia e na vertente da investigação.
 

Share
Contactos

Edifício Egas Moniz - Piso 3

Secretariado: Dinora Levy
Extensão Interna: 44613 | 47324