Clínica Universitária de Medicina Geral e Familiar
Direção


Objetivos:

  • Estar familiarizado com os princípios orientadores da Prática de Medicina Geral e Familiar, bem como com o contexto organizativo da sua prática
  • Compreender o papel generalista do médico de família enquanto prestador de cuidados de saúde personalizados, blobais e em continuidade
  • Compreender a saúde e a doença dos indivíduos no contexto individual, familiar e comunitário
  • Dominar alguns aspetos essenciais do método clínico
  • Valorizar os aspetos relacionados com a promoção da saúde, a prevenção da doença, a vigilância em saúde e a reabilitação na prática do médico de família
  • Considerar os aspetos biológicos, psicológicos e sociais no diagnóstico e na decisão médica referentes a alguns problemas comuns de saúde do indivíduo ao longo do seu ciclo de vida.
     

Ensino

O programa teórico compreende os conhecimentos teóricos obrigatórios na área da MGF e que serão objetivo de avaliação final.

  • Origens e características da MGF
  • Organização dos centros de saúde em Portugal
  • Características e funções do médico de família
  • Promoção da saúde e prevenção da doença
  • Abordagem de consumo de tabaco e álcool
  • Sistemas de informação e gestão da consulta
  • Registo clínico orientado por problemas
  • Classificação de problemas em cuidados de saúde primários
  • Método clínico centrado no paciente
  • Consulta em MGF: Estrutura da consulta e técnicas de entrevista
  • Entrevista clínica e tipos de comunicação interpessoal
  • Multimorbilidade e co-morbilidade (complexidade clínica e terapêutica)
  • O doente crónico
  • Família, saúde e doença
  • Família e teoria sistémica
  • Classificação estrutural da família
  • Instrumentos de avaliação familiar
  • O Ciclo de Vida Familiar e o Genograma Familiar
  • Incerteza e decisão clínica em MGF
  • MGF baseada na evidência e Normas de Orientação Clínica
  • Cuidados continuados e paliativos
  • Visitação domiciliária
  • Conceitos básicos em metodologia de investigação


O programa teórico-prático decorrerá em sessões envolvendo cada turma e o respetivo docente e incidirá sobre o componente prático da atividade do médico de família. Sempre que possível serão realizadas sessões com doentes e execução de gestos clínicos frequentes em MGF. Serão também realizadas sessões de “role play”, videogravação e apresentação e discussão de casos clínicos problema.

Os Seminários têm por objetivo permitir aos alunos participar na discussão de questões importantes para a prática da MGF e que não estão contidos nos grandes temas das aulas T ou TP, desenvolvendo um trabalho de grupo sobre um tema à sua escolha, com vista:

  1. Estimular a participação ativa dos alunos na sua formação;
  2. Fomentar o trabalho em equipa;
  3. Desenvolver competências de pesquisa bibliográfica e síntese do conhecimento disponível sobre uma determinada matéria;
  4. Desenvolver competências de comunicação oral; e, e) estimular o pensamento científico em torno de um problema médico, cuja solução implique a integração de conhecimentos.

No final, os alunos devem selecionar uma de duas áreas científicas para apresentação do trabalho:

  1. Novo conhecimento/Investigação em Medicina (na qual se privilegia a apresentação de protocolos/resultados de estudos originais)
  2. Controvérsias/Dilemas em Medicina (quando os trabalhos abordam uma área de debate, ou questões sujeitas a discussão, em Medicina)
Share