Centro de Estudos Egas Moniz
Direção

 

Como estabelecia o decreto da sua criação, o Centro de Estudos Egas Moniz (CEEM) tem como objectivos “além do estudo dos problemas de neurologia e psiquiatria e prosseguirá especialmente nas investigações no domínio da neurocirurgia, iniciadas por aquele Professor.” (Egas Moniz).

Objetivo do CEEM:

  • Promover a investigação nas Neurociências Clínicas, nomeadamente em Neurologia e Neurocirurgia, tirando partido da sua proximidade com os serviços assistenciais do Hospital Universitário de Santa Maria (Internamento, UCI, Hospital de Dia e Consultas Externas), do Centro de Bioimagem da FMUL e, sobretudo, da excelência dos clínicos e académicos que integram os departamentos da Faculdade e do Hospital;
  • Atraír jovens talentos para atividades de investigação, no âmbito de projetos de Doutoramento e formar jovens médicos em metodologias de investigação;
  • Estabelecer sinergias com outros grupos de investigação em Neurociências e criar condições para a integração e liderança em projetos de investigação Europeus e Internacionais;
  • Promoção do ensino pós graduado, quer através dos programas Doutorais da FMUL e Escola Doutoral da UL, quer através de cursos de especialização pós-graduada.

 

Linhas Temáticas de investigação/ áreas científicas:

  • Doenças cerebrovasculares, neurologia do comportamento, demências, cefaleias, sono e epilepsia, doenças desmielinizantes e terapêutica/cirurgia das doenças do movimento;
  • Projetos de investigação em colaboração com as Unidades Clínicas do IMM dedicadas à Neurologia Clínica:

                      - Mamede de Carvalho Lab: Doenças neuromusculares;

                      - Joaquim Ferreira Lab: Doenças do movimento.

Os investigadores principais continuarão uma estratégia de prossecução da excelência e de visibilidade e liderança internacional e de cooperação e sincronia entre ensino, atividade clínica e de investigação. Manter-se-á uma preocupação constante de procura de financiamento externo e internacional, que garanta a sustentabilidade da investigação.

O CEEM desempenha funções de:

  • Prestação de serviços para o exterior, nomeadamente avaliações cognitivas realizadas no Laboratório de Estudos de Linguagem;
  • Apoio bibliográfico ao estudo das Neurociências, a nível Nacional, através do acervo histórico da Biblioteca;
  • Investigação clínica e translacional em Neurologia particularmente nas áreas não contempladas nos laboratórios que integram o iMM (epilepsia, sono, cefaleias, doenças desmielinizantes, neuropatologia), com enfoque transversal na Neurologia da cognição, comportamento e comunicação;
  • Perpetuar e divulgar à escala global a memória, a personalidade e obra do Professor Egas Moniz (Museu Egas Moniz);
  • Promover a atividade formativa pós-graduada.

De destacar ainda:

  • Biblioteca de Neurociências Clínicas e Básicas
  • Museu Egas Moniz
  • Unidade Administrativa
  • Laboratórios: EEG e Sono, EMG e potenciais evocados, Estudos de Linguagem e Hemodinâmica Cerebral.

 

O Centro de Estudo Egas Moniz (CEEM) foi fundado em 1950, sendo seu Presidente o Professor Egas Moniz. Instalado inicialmente no Hospital Júlio de Matos, o CEEM foi transferido para o Hospital de Santa Maria em 1957, ficando localizado no Serviço de Neurologia conforme estabeleceu o DL n.º 40965, publicado no Diário do Governo, nº1 – I Série de 2 Janeiro de 1957.

À data da sua criação o CEEM tinha por objetivo a Investigação Científica na área que hoje designamos por Neurociências Clínicas, e que inclui a neurologia, a neurocirurgia e a psiquiatria, na senda dos trabalhos desenvolvidos pelo Professor Egas Moniz. Apesar de múltiplas vicissitudes e mudanças que sofreu ao longo das ultimas sete décadas, este centro tem-se mantido como um prestigiado Centro de Investigação da Faculdade de Medicina

Ao longo da sua história o CEEM foi Presidido por notáveis secretários de reconhecido mérito na Ciência e na Academia, os Professores António Flores, Pedro Almeida Lima, João Pedro Miller Guerra, João Alfredo Lobo Antunes, Alexandre Castro Caldas e José Manuel Ferro.

As unidades de investigação do CEEM passaram a integrar o Centro de Neurociências de Lisboa em 1995, e desde 2001 a maioria transitou para o Instituto de Medicina Molecular (IMM). Em 2022, após as obras de requalificação realizadas pela FMUL, o Centro está a ser reativado como um grande Centro Nacional dedicado às Neurociências clínicas.

 

Share
Telefone
+351 217 957 474