Epidemiologia

O Mestrado em Epidemiologia fornece os instrumentos e os conhecimentos necessários para o desenvolvimento da investigação clínica. Mas não só na investigação. Para a decisão clínica, a epidemiologia é a gramática do saber clínico, que permite articular as observações dos estudos quantitativos, básicos, qualitativos, clínicos e de saúde pública, com o objetivo de promover uma melhor decisão para/com o doente ou para uma comunidade.

3 razões para escolher este curso

1.

Para desenvolver competências e autonomia em Investigação Epidemiológica e Clínica

2.

Esta é uma formação prática, que percorre um leque amplo de conhecimentos e competências essenciais e diferenciadoras, transversais à investigação e à decisão na saúde

3.

Se pretende desenvolver as suas competências para a identificação, avaliação, intervenção e comunicação sobre os problemas de saúde de grupos e populações

Plano de Estudos

Este Mestrado conta com um plano de estudos que oferece uma visão global e diferenciadora sobre a Epidemiologia.

Objetivos

  • Aprofundar conhecimentos e competências em epidemiologia, bioestatística e metodologia de investigação clínica e bem como promover a investigação de excelência em Epidemiologia e áreas relacionadas;
  • Dotar os alunos de competências críticas e capacidades relativas ao desenho e condução de investigação clínica e epidemiológica;
  • Capacitar e permitir a autonomia na construção de propostas metodológicas robustas, eficientes e eficazes, no que concerne à amostragem, construção de instrumentos de medição, processos de recolha de dados e nas técnicas de análises de dados;
  • Dotar os alunos de capacidade conceptual e analítica que lhes permita formular questões de investigação, propostas de projeto e de análise nos vários contextos e áreas clínicas, epidemiológicas e da saúde pública, bem como dar a conhecer a comunidade que realiza investigação clínica e epidemiológica em Portugal, sua experiência e recursos;
  • Proporcionar uma experiência de autonomia científica, com apoio e orientação, nas várias fases do processo científico, como a proposta e crítica de projetos, a execução de projetos e a publicação e divulgação de resultados.

Competências a adquirir

  • Capacitar para identificar, avaliar e responder adequadamente a potenciais ameaças e problemas de saúde individual e das populações;
  • Aprofundar conhecimentos, capacidades e competências em epidemiologia, bioestatística e metodologia de investigação;
  • Obter uma visão global e multidisciplinar da aplicação dos métodos epidemiológicos a diversas áreas de investigação em saúde;
  • Proporcionar acesso e competências para o exercício da investigação clínica e epidemiológica de excelência, como:
    • conceptualizar criticamente um fenómeno ou área do conhecimento na saúde;
    • recolher, sistematizar e avaliar informação e evidência científica, bem do processo da sua construção;
    • desenhar e conduzir um estudo epidemiológico;
    • analisar, interpretar e comunicar resultados;
    • trabalhar em equipa (ser pro-ativo, em ambiente multidisciplinar e multisetorial).

 

Saídas Profissionais

  • Apoio às atividades de investigação em saúde clínica e epidemiológica (por exemplo, nos Serviços de Investigação, Epidemiologia Clínica e de Saúde Pública Hospitalar, Indústria farmacêutica, Contract Research Organizations);
  • Avaliação epidemiológica em saúde, incluindo áreas de vigilância epidemiológica e saúde pública;
  • Condução de estudos observacionais nas áreas clínicas (prognóstico, diagnóstico) e avaliação de efetividade de intervenções, entre outros (de interesse, por exemplo, para as Sociedades Científicas, Indústria farmacêutica, Entidades da Administração Pública na Saúde, Empresas de Consultadoria e Contract Research Organizations).;
  • Integração de informação epidemiológica na decisão clínica, em saúde pública e em economia da saúde (de interesse, por exemplo, para as Sociedades Científicas, Indústria farmacêutica, Entidades da Administração Pública na Saúde, Entidades Reguladoras na Saúde, Empresas de Consultadoria e Contract Research Organizations).

Assim, o curso capacita para a investigação clínica e para carreiras na área da saúde, saúde pública, consultoria em saúde e investigação e desenvolvimento.

 

Linhas de Investigação

O Mestrado em Epidemiologia promove o exercício de investigação nas áreas de interesse e de prática profissional dos alunos, bem como o estabelecimento de relações de parceria e consultadoria com investigadores, especialistas e peritos nas áreas do seu interesse. São exemplos o desenvolvimento e a discussão de propostas de investigação da iniciativa do aluno, a organização de sessões de debate científico e a possibilidade de integração em projetos e grupos de investigação já estabelecidos, na área de interesse do aluno. É apoiada também a organização de estágios de investigação opcionais nas entidades de interesse do aluno.

Destinatários

Destina-se a licenciados ou equivalente legal na(s) área(s) científica(s) do ciclo de estudos em medicina e outras áreas afins; áreas afins incluem, mas não são restritas a, Enfermagem, Psicologia, Ciências Farmacêuticas, Fisioterapia, Técnicos Superiores de Saúde (radiologia, análises clínicas, etc.), Ciências da Educação, Biologia, Nutrição, Veterinária, Geografia, Ciências Sociais e Humanas e Matemáticas.

 

Condições de Admissão

Os candidatos são seriados através de apreciação curricular e entrevista de acordo com os critérios e ponderação definidos pela Comissão Científica do Curso de Especialização, nomeadamente:

Apreciação curricular: 60%, que incluirá avaliação dos seguintes parâmetros:

  • Motivação e racional da candidatura, expressa na carta de motivação;
  • Experiência profissional na área, incluindo trabalhos realizados.

Entrevista: 40%, que incidirá sobre os seguintes parâmetros:

  • Adequação dos objetivos do candidato aos objetivos da pós-graduação à qual se candidata;
  • Enquadramento das necessidades e expetativas do candidato às potencialidades e oportunidades do programa de formação;
  • Perspetiva e oportunidade da formação promover o desenvolvimento e o exercício profissional e/ou académico do candidato;
  • Disponibilidade do candidato para o trabalho e dedicação expectáveis no contexto da formação;
  • Interesse para a aprendizagem no contexto multidisciplinar, interativo e em equipa.

 

 

Comissão Coordenadora

Avatar predefinido
Evangelista Rocha
Comissão Científica

Acreditação

Logotipo A3ES

.