Epidemiologia (Formação à Distância)

 

O Curso de Especialização em Epidemiologia em regime de formação à distância visa proporcionar o aprofundar de conhecimentos e competências em Epidemiologia, Bioestatística e Metodologia de Investigação, fortalecendo a capacidade para identificar, avaliar e responder adequadamente a potenciais ameaças à saúde individual e das populações.

Este Curso de Especialização à distância segue o mesmo plano de estudos do 1º ano do Mestrado em Epidemiologia da FMUL, atuamente já com 11 edições. Conheça em detalhe a nossa formação, corpo docente, trabalhos desenvolvidos pelos alunos e iniciativas científicas e pedagógicas em http://edu.uepid.org.

Plano de Estudos

1.º semestre

Unidades Curriculares Tempo de Trabalho
Contato
Créditos Observações
Introdução à Epidemiologia 30 horas 5 ECTS Obrigatória
Amostragem em Epidemiologia 28,5 horas 5 ECTS Obrigatória
Espaço Projeto 1 52,5 horas 5 ECTS Obrigatória
Bioestatística Aplicada à Epidemiologia 30 horas 8 ECTS Obrigatória
Técnicas de Medição em Epidemiologia 27 horas 5 ECTS Obrigatória
Método Qualitativos em Epidemiologia 18 horas 2 ECTS Obrigatória
Total   30 ECTS  

 

2.º semestre

Unidades Curriculares Tempo de Trabalho
Contato
Créditos Observações
Espaço Projeto 2 52,5 horas 5 ECTS Obrigatória
Introdução aos Modelos Estatísticos em Epidemiologia 30 horas 7 ECTS Obrigatória
Tópicos Especiais em Epidemiologia 28,5 horas 4 ECTS Obrigatória
Introdução à investigação Epidemiológica 28,5 horas 5 ETCS Obrigatória
Epidemiologia e Avaliação Económica em Saúde 13,5 horas 2 ECTS Obrigatória
Seminário 6 horas  2 ECTS Obrigatória
Optativa I 40 horas 5 ECTS Obrigatória
Total   30 ECTS  

 

Unidades Curriculares Opcionais

Cada curso com 5 ECTS, 30 horas

  • Investigação em Serviços de Saúde
  • Epidemiologia e Investigação Clínica em Genética
  • Epidemiologia Cardiovascular
  • Análise Longitudinal de Dados Epidemiológicos
  • Epidemiologia Espacial
  • Escrita e Submissão Competitiva de Projetos de Investigação Clínica e Epidemiológica
  • Farmacoepidemiologia
  • Estatística Aplicada à Escrita de Artigos Científicos em Epidemiologia
  • Ensaios Clínicos
  • Desenho e Construção de Bases de Da- dos na Investigação em Saúde
  • Epidemiologia da Pobreza, Saúde e Nutrição
  • Análise Multifatorial em Epidemiologia
  • Epidemiologia Molecular
  • Aspetos Práticos da Investigação Clínica
  • Escrita e Submissão de Artigos Científicos em Epidemiologia
  • Políticas de Saúde Informadas pela Evidência
  • Revisão Crítica de Estudos Epidemiológicos
  • Epidemiologia e a Avaliação de Tecnologias e de Impacte em Saúde
  • Epidemiologia e Investigação Clínica na Nutrição

 

Objetivos

São objetivos do Curso de Especialização em Epidemiologia:

  1. Aprofundar conhecimentos e competências em Epidemiologia, Bioestatística e Metodologia de Investigação;
  2. Obter uma visão multidisciplinar e global da aplicação dos métodos epidemiológicos a diversas áreas da investigação e da prática clínica;
  3. Obter uma experiência teórico-prática de alta qualidade, com o apoio e acompanhamento de docentes e investigadores qualificados;
  4. Promover a investigação de excelência na área de epidemiologia.

Aquisição de Competências

São competências de aprendizagem a desenvolver pelos estudantes:

  1. Capacitar para identificar, avaliar e responder adequadamente a potenciais ameaças à saúde individual e das populações;
  2. Aprofundar conhecimentos e competências de investigação e de crítica da evidência em epidemiologia, bioestatística e metodologia de investigação;
  3. Obter uma visão global e multidisciplinar da aplicação dos métodos epidemiológicos a diversas áreas de investigação em saúde;
  4. Proporcionar acesso e competências para o exercício da investigação clínica e epidemiológica de excelência, como: caracterizar a Epidemiologia, recolher e avaliar informação científica, desenhar e conduzir um estudo epidemiológico, analisar, interpretar e comunicar resultados, avaliar as observações epidemiológicas, trabalhar em equipa (ser pro-ativo, em ambiente multidisciplinar e multisetorial).

 

Métodos pedagógicos

São aplicados métodos pedagógicos e mecanismos de ensino à distância que dão suporte ao modelo de ensino à distância:

  • Realização de aulas em tempos síncronos (através da plataforma Zoom), incluindo a realização de exercícios, discussões, demonstrações, avaliações, sessões teórico-práticas; e tempos assíncronos / síncronos opcionais (sessões teóricas), num equilíbrio que permita o envolvimento e acompanhamento dos alunos e da turma, mas também flexibilidade na participação dos alunos;
  • Todas as sessões são videogravadas e disponibilizadas através da plataforma Moodle, associados a blocos formativos com exercícios e quizzes, promovendo o feedback continuo, orientando o trabalho autónomo;
  • Forte componente de demonstração e uso de recursos de trabalho colaborativo online / à distância (documentos e recursos partilhados para co-criação, comentário e crítica de trabalho entre alunos e por docentes; uso de wikis, salas de chat e fóruns);
  • Forte componente de disponibilização de recursos pedagógicos através da plataforma Moodle, incluindo vídeos, tutoriais, artigos, capítulos, etc., organizados por temas e com notas sintéticas, para além dos materiais lecionados e da bibliografia obrigatória, que permitam enriquecer a aprendizagem autónoma;
  • Apoio de assistentes como auxiliares das sessões de discussão, de apoio em fóruns e no acompanhamento complementar e próximo de alunos;
  • Práticas de competências de investigação, incluindo propostas de ‘Problem-Based Learning’, com trabalho em pequenos grupos acompanhados pelos docentes, fomentando a autonomia, a autoaprendizagem e a troca de experiências;
  • Adaptação dos exercícios e propostas de trabalho a necessidades concretas e interesses dos participantes, bem como acolhimento das eventuais propostas de trabalho da iniciativa dos alunos.
Saídas Profissionais

O Curso de Especialização em Epidemiologia possibilita a aquisição de competências fundamentais para:

  • O apoio às atividades de investigação em saúde clínica e epidemiológica (por exemplo, nos Serviços de Investigação, Epidemiologia Clínica e de Saúde Pública Hospitalar, Indústria farmacêutica, Contract Research Organizations);
  • A avaliação epidemiológica em saúde, incluindo áreas de vigilância epidemiológica e saúde pública;
  • A condução de estudos observacionais nas áreas clínicas (prognóstico, diagnóstico) e avaliação de efetividade de intervenções, entre outros (de interesse, por exemplo, para as Sociedades Científicas, Indústria farmacêutica, Entidades da Administração Pública na Saúde, Empresas de Consultadoria e Contract Research Organizations).;
  • A integração de informação epidemiológica na decisão clínica, em saúde pública e em economia da saúde (de interesse, por exemplo, para as Sociedades Científicas, Indústria farmacêutica, Entidades da Administração Pública na Saúde, Entidades Reguladoras na Saúde, Empresas de Consultadoria e Contract Research Organizations).

Assim, o curso capacita para a investigação clínica e para carreiras na área da saúde, saúde pública, consultoria em saúde e investigação e desenvolvimento.

Destinatários e Vagas

São admitidos como candidatos à inscrição:

  1. Os titulares de grau de licenciado ou equivalente legal nas áreas de Medicina e outras áreas afins; áreas afins incluem, mas não são restritas a, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Medicina Veterinária, Psicologia, Nutrição, Veterinária, Ciências Sociais e Humanas, Matemática/ Estatística, Técnicos Superiores de Saúde e outros profissionais de saúde ou outros com interesse na aquisição de competências em epidemiologia, investigação e análise estatística de dados clínicos.;
  2. Os titulares de grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um estado aderente a este Processo nas áreas de Medicina e outras áreas afins;
  3. Os titulares de um grau académico superior estrangeiro na área de Medicina e outras áreas afins; que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Faculdade de Medicina;
  4. Os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Medicina.

Mínimo: 5 vagas

Máximo: 80 vagas (formação à distância)

Propinas/ Valor da inscrição

2350 €
Possibilidade de pagamentos em prestações mensais.

Frequência do curso

Os alunos deverão participar de forma síncrona nos momentos de avaliação, apresentação e discussão de temas e de trabalhos e, pelo menos, numa proporção de aulas de cada Unidade Curricular, que pode variar entre 30% e 75% das aulas (a indicar para cada Unidade Curricular).

Horário de transmissão e participação síncrona (em tempo real) das aulas (hora de Lisboa):

  • Semanalmente, às 2ªfs, das 11h00 às 18h
  • Quinzenalmente, sábados, das 11h00 às 15h30
  • Seminário mensal, 5ªf, das 18h às 19h30.
Comissão Científica

Prof. António Vaz Carneiro – Presidente e Diretor

Prof. Evangelista Rocha

Profª. Patrícia Canhão

Profª. Cristina Furtado

Prof. Paulo Nogueira

Apoio à Coordenação

Mestre Paulo Nicola