Sistema Interno de Garantia da Qualidade
Logo_SIGQ-FMUL

A garantia da qualidade é uma premissa central e fundamental na estratégia da nossa Escola, com vista ao cumprimento dos seus objetivos e concretização da sua missão de forma exemplar.

Assim, a FMUL assume o seu compromisso com a garantida da qualidade e melhoria contínua das suas atividades, de acordo os referenciais da A3ES para os Sistemas Internos de Garantia da Qualidade nas Instituições de Ensino Superior e conforme os padrões europeus (ESG 2015).

O Sistema Interno de Garantia de Qualidade da FMUL (SIGQ – FMUL) tem vindo a ser estruturado e encontra-se refletido no Manual do SIGQ – FMUL.

 

Gestor do SIGQ – FMUL
Sónia Barroso

 

 

 

A FMUL definiu a política de qualidade que melhor se adequa ao seu sistema e que acompanha a missão, a visão e os objetivos estabelecidos estrategicamente, procurando responder às necessidades e expectativas das partes interessadas. A Política da Qualidade da FMUL rege-se assim pelos seguintes princípios: 

1.  Ser a Instituição de referência do ensino e da investigação em medicina e ciências biomédicas a nível nacional;

2.  Concretizar os seus objetivos de forma eficiente e eficaz, promovendo uma cultura de rigor, exigência, transparência, melhoria contínua e de garantia da qualidade transversal às áreas estratégicas: Ensino, Pedagogia e Educação Médica; Promoção e Inovação da Ciência; Internacionalização e Relações Externas; Organização e Modernização Administrativa;

3.  Promover as competências e o desenvolvimento pessoal dos seus colaboradores (docentes, investigadores e não docentes);

4.  Auscultar regularmente e envolver ativamente as várias partes interessadas, de forma a ir ao encontro das necessidades e expetativas;

5.  Utilizar de forma eficiente os sistemas de informação e as infraestruturas institucionais, para obtenção de melhores resultados e para a difusão do serviço prestado;

6.  Monitorizar sistematicamente os processos e procedimentos intrínsecos às suas atividades;

7.  Cumprir os requisitos legais e regulamentares (nacionais e internacionais) inerentes ao serviço prestado;

8.  Garantir a segurança da informação, a privacidade e a proteção dos dados pessoais;

9.  Contribuir para uma sociedade sustentável e para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, através do ensino, da investigação e do serviço à comunidade.
 

 

 

A estrutura organizacional do SIGQ – FMUL reflete, em grande parte, a estrutura organizativa da Faculdade, sendo constituído por diversos intervenientes com diferentes papéis e responsabilidades no Sistema: o Diretor; o Diretor Executivo; a Comissão de Avaliação Interna (CAI) e a Comissão de Acompanhamento do SIGQ – FMUL (CA-SIGQ), que embora não façam parte da estrutura organizacional da Faculdade são compostas por representantes das partes interessadas internas; e o Gestor do SIGQ – FMUL, coordenador do Gabinete de Planeamento Estratégico e Qualidade (GPEQ). 

 

Estrutura Responsabilidades_SIGQ-FMUL
Estrutura e Responsabilidades

 

 

O SIGQ – FMUL assenta num modelo de gestão por processos e, tendo em consideração a estrutura organizacional da Faculdade e os Referenciais para os Sistemas Internos de Garantia da Qualidade nas Instituições de Ensino Superior da A3ES, foi estruturado segundo 3 macroprocessos (Governação e Gestão Estratégica; Nucleares ou de Realização; Suporte Técnico Administrativo), aos quais estão associados 12 processos representados na Cadeia de Valor.

Cadeia de Valor
Cadeia de Valor

 

 

O SIGQ – FMUL, tem subjacente uma estrutura documental composta por documentos de natureza diversa e com diferentes finalidades: legislação, pela qual a FMUL se rege; documentos estratégicos, como o Plano Estratégico/Programa de Mandato, Planos e Relatórios Anuais de Atividades; documentos orientadores, de que são exemplo o QUAR, Manual da Qualidade, despachos internos e referenciais da A3ES; documentos operacionais, entre os quais regulamentos, manuais de procedimentos/instruções de trabalho, etc.

Estrutura Documental_SIGQ-FMUL
Estrutura Documental

 

 

Fundamental à implementação e desenvolvimento do SIGQ – FMUL é a estrutura tecnológica de gestão e informação que, embora ainda não seja uma estrutura globalmente integrada, sustenta e auxilia as atividades desenvolvidas no âmbito dos vários processos, sendo constituída por sistemas de suporte ao ensino, à investigação, à comunicação e informação, e à gestão de recursos.

 

STGI
Estrutura do Sistema Tecnológico de Gestão e Informação

 

 

Numa lógica de melhoria contínua dos processos é aplicada a metodologia do ciclo de PDCA (Plan | Do | Check | Act / Adjust). Cada processo tem associadas diversas atividades que são planeadas (Plan) e desenvolvidas segundo procedimentos (Do), as quais são sujeitas a mecanismos de monitorização e avaliação (Check) e, dependendo dos resultados, são alvo de ações de melhoria (Act / Adjust).

PDCA
Ciclo PDCA

 

 

 

CapaManualQualidade_SIGQ-FMUL

Manual do SIGQ  FMUL

Documento orientador e de referência para a comunidade FMUL e para as partes interessadas, uma vez que descreve a forma como a Faculdade concebe e planeia, estrutura e organiza, implementa e gere, avalia e melhora continuamente o seu sistema interno.

 

 

CapaRelCurso_SIGQ-FMUL

Relatórios de Autoavaliação dos Cursos

Estes relatórios, por ano letivo, assentam sobretudo numa análise dos resultados do desempenho dos alunos e dos resultados da avaliação feita pelos mesmos, e na identificando de ações de melhoria e recomendações, seguindo uma lógica de PDCA.

  • Relatório de Autoavaliação do MIM 2019/2020 (brevemente disponível
  • Relatório de Autoavaliação da LCN 2019/2020 (brevemente disponível

 

 

Plano de Ações de Melhoria


Plano de Ações de Melhoria ao SIGQ FMUL 2021/2022

Identificação de aspetos a melhorar, a desenvolver e a implementar no SIGQ – FMUL; estas ações de melhoria começaram a ser priorizadas, planeadas e retratadas num plano que tem vindo a ser desenvolvido com medidas a implementar até 2022.

 

 

Arquivo

Instrumentos de Apoio ao SIGQ – FMUL

  • Mapa Institucional de Procedimentos por Processo – Identificação das atividades e dos procedimentos associados a estas e respetivo mapeamento das instruções de trabalho, de modo a que cada processo tenha associado um guia de procedimentos, com a descrição das tarefas, funções inerentes e responsáveis.

  • Mapa Institucional de Mecanismos de Monitorização e Fontes de Dados por Processo – Identificação por processo dos instrumentos de monitorização categorizados segundo uma tipologia, âmbito, finalidade e periocidade dos respetivos instrumentos.

  • Mapa Institucional de Indicadores por Processo – Identificação de indicadores de medida das atividades desenvolvidas na Faculdade por processo e respetivos KPI’s, indicadores-chave na monitorização do SIGQ – FMUL.

 

 

logofmul

Despachos

26-2019 | Comissão de Acompanhamento – Projeto de Implementação do Sistema Interno de Garantia da Qualidade

69-2019 | Nomeação do Gestor do Sistema Interno de Garantia da Qualidade da FMUL

75-2019 | Manual do Sistema Interno de Garantia da Qualidade da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

 

 

 

O Barómetro da Qualidade é um boletim com periodicidade trimestral que tem como objetivo divulgar, junto da comunidade académica e a todas as partes interessadas, conteúdos relevantes sobre o Sistema Interno de Garantia de Qualidade da FMUL (SIGQ – FMUL), respondendo a questões tais como: O que é? Para que serve? Como funciona? Quem está envolvido? Quais as vantagens? Que atividades têm sido desenvolvidas?

 

 

 

Contactos

 

Gestor do SIGQ – FMUL
Sónia Barroso

Morada
Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
Hospital de Santa Maria, Piso 3 (elevador 11)
Avenida Professor Egas Moniz
1649-028 Lisboa - Portugal

Telefone
+351 21 799 9420

Extensão interna: 44 103