Medicina Hiperbárica e Subaquática

A Medicina Hiperbárica e Subaquática, fonte constante de novos desafios para a comunidade médica e científica, são áreas do conhecimento científico que se encontram em fase de franca expansão e evolução.

A Medicina Subaquática tem contribuído para o progresso dos conhecimentos científicos relacionados com a bio-oceanografia, tal como da fisiologia e fisiopatologia da imersão. Por outro lado tem beneficiado com o diagnóstico, prevenção e tratamento dos vários tipos de lesões decorrentes da prática de atividades em meio subaquático, assim como do aperfeiçoamento mecânico dos equipamentos respiratórios de mergulho, para os quais também tem contribuído de forma inquestionável.

A evolução verificada nestas áreas do conhecimento, aliada à descoberta do oxigénio, foi decisiva para o nascimento e desenvolvimento da oxigenoterapia hiperbárica, tratamento que interage com os conceitos relativos aos mecanismos de ação do oxigénio a nível molecular e celular, positivos ou deletérios. Na atualidade, a oxigenoterapia hiperbárica é considerada essencial no tratamento de certas afeções e recomendável noutras.

Desta forma é muito importante a formação de técnicos altamente diferenciados nas várias vertentes da Medicina Hiperbárica e Subaquática, cuja necessidade é relevante na nossa sociedade.

Este ciclo de estudos será realizado na modalidade de associação entre a Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e a Escola Naval.

Objetivos

Iniciar os interessados no estudo e na investigação dos aspetos técnicos, clínicos e científicos relacionados com a Medicina Hiperbárica e Subaquática.

Complementarmente os seguintes objetivos específicos devem ser considerados:

  • Educar médicos e outros profissionais de saúde a desenvolver atividade clínica, docente, ou de investigação, relacionada com a Medicina Hiperbárica e Subaquática, incluindo  a avaliação do grau de aptidão dos candidatos ao mergulho e ao exercício de atividades laborais em ambiente hiperbárico;
  • Treino para o tratamento dos acidentes de mergulho;
  • Ensino para o aconselhamento das empresas de mergulho sobre relevantes aspetos técnicos;
  • Colaboração no desenvolvimento dos equipamentos;
  • Preparação cientifíca em Medicina Hiperbárica e Subaquática.
Aquisição de Competências

Os estudantes adquirirão conhecimentos, aptidões e competência para:

  1. trabalhar em centros ligados ao mergulho militar, cultural, económico, turístico, segurança, desporto promovendo a implementação de normas de segurança, o cumprimento dos requisitos técnicos e a resolução de complicações;
  2. trabalhar em centros de medicina hiperbárica, como técnicos bem preparados, cuidando do cumprimento da regulamentação, normas de segurança, requisitos técnicos, manutenção de equipamentos e o seguimento de protocolos clínicos;
  3. desenvolvimento de projetos cientifícos e de cooperação em áreas técnicas e clínicas.
Saídas Profissionais

Os mestres em Medicina Hiperbárica e Subaquática podem desempenhar funções nesta área em organismos públicos ou privados. Ficam igualmente diferenciados em grau mais elevado para o emprego em clínicas privadas ou públicas, tendo adquirido instrumentos para a progressão. Poderão integrar equipas de investigação, inserindo-se em projetos como colaboradores.

A implementação deste Mestrado cria a oportunidade de formar profissionais altamente qualificados nesta área da medicina, que poderão desenvolver investigação relacionada com a Medicina Hiperbárica e Subaquática. Os alunos podem prosseguir para doutoramento mediante candidatura ao Programa Doutoral do Centro Académico de Medicina de Lisboa.

Destinatários e Vagas

Este mestrado tem por objetivo recrutar pessoas motivadas de qualquer nacionalidade que tenham o grau de Mestre Bolonha, licenciados ou equivalente em áreas da Ciência Naval e Biomedicina. A Comissão Científica poderá decidir a aceitação de alunos com outras habilitações, desde que fundamentada.

A seleção dos candidatos será feita mediante apreciação curricular, complementada por uma entrevista. Uma classificação mínima de 14/20 ou equivalente será desejável.

Na apreciação curricular serão tidos em conta os seguintes elementos:

  • Classificação da licenciatura ou grau académico equivalente;
  • Curriculum Vitae e carta de motivação que expresse a experiência profissional e de investigação do candidato.

Na entrevista serão apreciadas as motivações e CV, valorizando o potencial do candidato.Os candidatos são seriados de acordo com a pontuação obtida no processo de selecção, segundo os critérios definidos pela Comissão Científica do Mestrado em Medicina Hiperbárica e Subaquática.

O curso funcionará com o número máximo de 15 inscrições.

Plano Estudos
Comissão Científica

Professor Doutor Mamede de Carvalho
Professor Doutor Alberto Escalda 1
Comodoro médico naval, Professor Doutor Luís Bronze de Carvalho 3
Capitão-de-mar-e-guerra, médico naval, Dr. Francisco Gamito Guerreiro 2

1 FMUL, 2 Marinha Portuguesa, 3 Escola Naval

Docentes:
Professor Doutor Alberto Escalda
Professora Doutora Isabel Rocha
Professor Doutor Fausto Pinto
Professor Doutor Miguel Castanho
Professor Doutor Jacinto Monteiro
Professor Doutor Lucindo Ormonde
Professor Doutor Oscar Dias
Capitão-de-mar-e-guerra, doutorado Alves Salgado
Comodoro médico naval, doutorado Bronze Carvalho
Capitão-de-mar-e-guerra médico naval, Quaresma Guerreiro
Dr.Ruy Fernando Fernandes
Dr.Ruy Ribeiro