Hoje é dia Mundial da Saúde Digestiva
Share

Hospital de dia gastrenterologia. Professor Rui Tato Marinho na porta

Neste ano o foco da Organização Mundial de Gastrenterologia (https://www.worldgastroenterology.org/) e da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (https://www.spg.pt/) é o elevado impacto do Excesso de peso e da Obesidade na Saúde Digestiva.

O impacto é muito elevado. Na União Europeia, mais de 50% da população adulta tem excesso de peso ou é obesa.

A obesidade é uma doença global, com implicações a nível físico, mental, familiar e social. Há quem refira tratar-se também de um “monstro económico”.

O impacto digestivo é em várias entidades como seja a doença de refluxo que afecta 3 milhões de portugueses, na obstipação que envolver 2 milhões e na oncologia digestiva.

Um quarto da população portuguesa tem fígado gordo, factor de risco para cirrose e cancro do fígado.

doente no hospital de dia a receber tratamento

Os cancros do Aparelho Digestivo são um problema de Saúde Digestiva, Saúde Global e até de Saúde Pública.

  • Constituem 1/3 de todos os cancros nacionais
  • O cancro de maior incidência, o do cólon e reto com cerca de 10.000 novos casos por ano. Os segundos em termos de incidência não chegam a 7.000 (mama e próstata).
  • 100.000 colonoscopias em atraso devido à pandemia em Portugal.
  • Os dois cancros com pior prognóstico são do Aparelho Digestivo: carcinoma hepatocelular e pâncreas, este não ultrapassando em 5 meses a esperança média de vida.
  • Três dos cancros a subir de incidência: pâncreas, fígado e vias biliares (colangiocarcinoma).
  • A colonoscopia salva vidas, retirando os cancros em fase inicial.
  • Todos os portugueses a partir dos 45-50 anos têm que fazer o rastreio do cancro do cólon
  • Três doenças do Aparelho Digestivo estão no Top Ten da mortalidade em Portugal, cancro do estômago, cancro do cólon e cirrose/cancro do fígado.

A obesidade é uma situação oncogénica constituindo um factor de risco para os cinco cancros do Aparelho Digestivo, os chamados Big Five, esófago, estômago, fígado, pâncreas, fígado e cancro do cólon e reto.

cartaz com informação dos 5 cancros digestivos

Faça uma alimentação saudável, actividade física, evite o Cancro Digestivo.

Filmes SPG:

 

doente no hospital de dia a receber tratamento com enfermeira ao lado

    Professor Rui Tato Marinho. Homem de fato, gravata vermelha e cabelo grisalho

    Rui Tato Marinho

    Professor Associado da Fmul;

    Presidente do Júri do mestrado sobre  Cuidados Paliativos;

    Diretor do Serviço   de Gastrenterologia do Hospital de   Santa Maria;

    Presidente da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia.

     

    Nota: O autor optou por escrever o texto com o antigo acordo ortográfico.