Gilead distingue Professores da FMUL

Criado em 2013, o Programa Gilead Génese privilegia projetos, orientados para as temáticas de Saúde, diagnóstico, investigação translacional e tecnologia, que contribuam para a otimização de práticas clínicas e para a melhoria da qualidade de vida dos doentes.

Com o alto patrocínio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a farmacêutica distinguiu, na sua componente de investigação, dois nomes da nossa Faculdade, nomeadamente a Prof.ª Maria do Carmo Fonseca e o Prof. João Forjaz Lacerda ambos na área da Hemato-oncologia.

De acordo com o Jornal Expresso, ao longo das seis edições, o montante global de financiamento atribuído aos 76 projetos apoiados pelo programa ultrapassou €1,5 milhões, tornando o Programa Gilead Génese numa das iniciativas de responsabilidade social mais impactantes na área da Saúde em Portugal.

Cara de uma mulher com cabelo curto e olhos claros

O Programa Gilead Génese distinguiu o projeto Avaliação da resposta às sulfonamidas (inibidor de splicing) em cultura de células primárias de LMA humanas, da Prof.ª Maria do Carmo Fonseca.

Imagem de perfil de homem com óculos

O Prof. João Forjaz Lacerda foi distinguido com o projeto Expansão in vitro das células T Regs específicas do recetor no tratamento da doença crónica de enxerto contra hospedeiro após transplante de células progenitoras hematopoiéticas.

 

Na presente edição, a Gilead distinguiu ao todo oito trabalhos de investigação e cinco de intervenção comunitária, não só na área da Hemato-oncologia, mas também referentes às doenças hepatites virais e metabólicas e infeção por VIH/SIDA.