Physical and Rehabilitation Medicine Department
Director

Os principais objetivos pedagógicos são dar a conhecer de forma genérica a especialidade de Medicina Física e de Reabilitação (MFR). Conceitos gerais, modelo de abordagem, formação e organização em MFR. Avaliação do doente em MFR. Arsenal terapêutico (agentes físicos). Principais áreas de intervenção. Métodos de diagnóstico (ex: ecografia) e de terapêutica (ex: toxina botulínica).
Principais áreas de atuação e de interesse:•  pós-fractura
•  pós-artroplastia
•  osteoartrose
•  osteoporose
•  amputados
•  linfedemas (cancro da mama)
•  pós-AVC
•  pós-TVM
•  pós-TCE
• doenças  desmielinizantes
• doenças  degenerativas (ELA) e neuromusculares
• espasticidade

A  missão do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação (MFR), consiste na prestação de cuidados de saúde, na área da Reabilitação, em regime ambulatório e de internamento, aos indivíduos potencialmente incapacitados funcionalmente, visando a prevenção, tratamento, reabilitação e integração familiar, profissional e social, de acordo com o “Estado da Arte”.

Na formação médica pós-graduada, o Serviço para além da formação de internos de Medicina Física e de Reabilitação, especialidade para a qual tem idoneidade formativa parcial, por lhe faltar a valência correspondente ao período de internamento (12 meses), da própria instituição (tem sido admitido um interno por ano) e de outros serviços de MFR, tem ainda recebido internos do Ano Comum, de Medicina Geral e Familiar, de Medicina do Trabalho, de Medicina Legal e de Reumatologia
Na formação médica pré-graduada, no âmbito da Clínica Universitária de Medicina Física e de Reabilitação, tem sido responsável pela receção e acompanhamento de alunos Erasmus, pelas disciplinas optativas de Medicina Física e de Reabilitação e de Práticas Clínicas Tutoriais.

Outras Informações

Neste momento  encontra-se a participar no estudo Nevermind, projeto multidisciplinar, internacional,  conjuntamente com a Faculdade de Medicina de Lisboa, a Universidade de Lisboa e a Cardiovascular Autonomic Function Lab. 

Share