Concurso Especial para Titulares de Outros Cursos Superiores - LCN | Ano letivo 2024/2025

Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho, que regula os concursos especiais para acesso e ingresso no Ensino Superior.

1 vaga

 

  • Podem requerer o ingresso através do concurso especial para titulares de outros cursos superiores, os candidatos que:

a. Sejam titulares do grau de bacharel, licenciado, mestre ou doutor;

Ou

b. Sejam titulares, nos termos das disposições legais em vigor, de equivalência do grau ou de reconhecimento de grau académico e diploma de ensino superior atribuído por Instituição de ensino superior estrangeira; 

e

c. Satisfaçam o pré-requisito exigido para o ingresso na LCN da FMUL:

Pré-requisito do Grupo A – “Comunicação Interpessoal: Ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia”;

A avaliação do pré-requisito do Grupo A — Comunicação Interpessoal, deve ser feita por médico inscrito na Ordem dos Médicos Portuguesa.

1.º passo: o candidato deverá criar previamente um utilizador e password;

2.º passo: O candidato deverá formalizar a sua candidatura preenchendo o Formulário de candidatura, utilizando as credenciais definidas no passo anterior.

Minutas

Declaração CNAEF/FOS

Pré-requisito do Grupo A

Nota: o Formulário de Candidatura só estará disponível no período/hora previsto para candidaturas (das 9h de 27 de maio às 14h de dia 31 de maio de 2024).

  • A candidatura deve ser acompanhada dos seguintes documentos, que devem ser submetidos na plataforma de candidatura:

a. Fotocópia simples do documento de identificação (passaporte, cartão de cidadão ou outro adequado), quando autorizado pelo candidato ou mediante responsabilização do próprio;

b. Número de Identificação Fiscal (NIF) *;

c. Histórico de candidatura ao Ensino Superior ou documento oficial que comprove as classificações obtidas nas provas de ingresso de 02 Biologia e Geologia e 07 Física e Química, bem como a classificação final do ensino secundário;

d. Comprovativo oficial da conclusão de Bacharelato, Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento em estabelecimento de ensino superior, no qual conste a data de conclusão e a classificação final;

OU

Comprovativo de equivalência do grau ou de reconhecimento de grau académico e diploma de ensino superior atribuído por Instituição de ensino superior estrangeira no qual conste o nome da instituição onde foi obtida essa equivalência ou reconhecimento, data de conclusão do processo e classificação final *;

e. Documento oficial de conversão de classificação para escala portuguesa (0 a 20 valores) no caso de documentos emitidos por entidade estrangeira com outra escala de classificação*;

 

f. Declaração CNAEF/FOS, conforme informação e minuta disponíveis no sítio www.medicina.ulisboa.pt;

g. Pré-requisito do Grupo A – “Comunicação Interpessoal: Ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia”, exigido para o acesso ao ciclo de estudos de LCN da FMUL, sendo o original deste documento entregue no ato da matrícula *.

* documentos obrigatórios

 

  • Os documentos referidos nas alíneas c), d) e e) do ponto 4.1 deverão ser autenticados pelas entidades que os emitem.
  • Todos os documentos emitidos por instituições de países extracomunitários, devem ser legalizados por agente consular português ou pela Apostilha de Haia no país de origem dos documentos.

 

O valor do emolumento associado à candidatura ao concurso especial para titulares de outros cursos superiores é €100,00.

Candidaturas: Das 9h de 27 de maio às 14h de dia 31 de maio de 2024

Validação e seriação das candidaturas: De 3 a 4 de junho de 2024

Divulgação da Lista de candidatos admitidos a entrevista: 5 de junho de 2024

Entrevista: 6 de junho de 2024

Divulgação da Lista provisória de candidatos Admitidos e Não Admitidos: 12 de junho de 2024

Período de audiência dos interessados: De 14 a 27 de junho de 2024

Divulgação da Lista definitiva de candidatos Admitidos e Não Admitidos: 1 de julho de 2024

  • Os candidatos serão avaliados e seriados em duas etapas de avaliação:

 

a. 1.ª Etapa de Avaliação – cálculo quantitativo de classificação inicial (CI) de candidatura, arredondado a 1 casa decimal, e obtido pela aplicação da seguinte fórmula:

CI = (A+B+C+D+E) / 5

Em que:

A - Classificação final do ensino secundário;

B - Classificação na prova de ingresso 02 Biologia e Geologia;

i. Caso não tenha realizado a(s) referida(s) prova(s) será assumido o valor 0 (zero) na respetiva classificação;

C - Classificação na prova de ingresso 07 Física e Química;

i. Caso não tenha realizado a(s) referida(s) prova(s) será assumido o valor 0 (zero) na respetiva classificação;

D - Área científica do curso que detém (de acordo com a classificação CNAEF/FOS):

i. CNAEF – 72 Saúde e FOS – 3 Ciências Médicas e da Saúde: 20 valores;

ii. Outras áreas de estudo: 10 valores.

E - Classificação final do Bacharelato, Licenciatura ou Mestrado Integrado, ou classificação final da equivalência do grau ou de reconhecimento de grau do Bacharelato, Licenciatura ou Mestrado Integrado com que se candidata.

i. Caso não comprove o referido em E, será assumido o valor 0 (zero) na respetiva classificação.

 

b. 2.ª Etapa de Avaliação – Entrevista pessoal (E), realizada aos cinco candidatos melhor classificados na 1ª fase de avaliação, com cálculo quantitativo obtido pela aplicação da seguinte fórmula:

E = (A+B+C+D) / 4

Em que:

A – Atitude e Motivação;

B – Disponibilidade e interesse;

C – Comunicação e argumentação;

D - Conhecimento da profissão.

 

c. Em situação de empate no quinto/a candidato/a com melhor classificação, serão considerados para Entrevista (E) todos os candidatos com classificação igual à do quinto candidato/a.

Classificação final do Concurso

  • O valor da Classificação final (CF) da candidatura, expresso numa escala de 0 a 20 valores, arredondado a 2 casas decimais, é obtido pela aplicação da seguinte fórmula:

CF = (60%*CI) + (40%*E)

 

  • Os candidatos são colocados pela ordem de classificação mais elevada, de acordo com o número de vagas definido.
  • Em situação de empate, será considerada, de forma individual:

a)     Primeiro, a melhor Classificação na 2ª etapa de avaliação – Entrevista (E);

b)     Seguidamente, a Classificação final do Bacharelato, Licenciatura ou Mestrado Integrado ou de reconhecimento de grau do Bacharelato, Licenciatura ou Mestrado Integrado com que se candidata.

A disponibilizar oportunamente.