• pt
  • en

MESTRADO
CUIDADOS PALIATIVOS

APRESENTAÇÃO

Ano Letivo: 2017/18     |     Início das aulas: OUT’17

                                                                                 

A informação não dispensa a consulta do edital (.PDF)
                                                                                

Comissão Científica

Prof. Doutor António Barbosa – Coordenador
Prof. Doutor Luís Costa
Prof. Doutor Rui Tato Marinho
Mestre Paulo Reis Pina
Mestre Isabel Galriça Neto (Consultora)
Mestre Filipa Tavares (Consultora)
Prof. Doutor Peter Lawlor (Consultor)

INTRODUÇÃO

Os cuidados paliativos representam hoje um padrão de referência dos cuidados
aos doentes com doenças crónicas avançadas e às suas famílias. Esta área do saber
decorre do crescente envelhecimento da população e da correspondente mudança
nos padrões de mortalidade e morbilidade bem como de um contexto societal
de individualização crescente dos laços familiares, mas também como reação a
um aumento do sofrimento de populações vulneráveis por abandono ou por obstinação
terapêutica numa sociedade crescentemente tecnologizada. Os cuidados
paliativos têm-se vindo a implantar progressivamente, na última década, na área
clínica, na investigação, no ensino e na sociedade.

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na sequência da organização
dos primeiros cursos pós-graduados (2000 e 2001), criou pioneiramente, no país,
o curso de mestrado em cuidados paliativos (2002-2003) e tem contribuído, deste
modo, para a formação pós-graduada profissionalizante (mais de 200 profissionais
de saúde) e para o desenvolvimento da investigação científica nesta área.

Temos visto com satisfação muitos dos nossos mestres e formandos em cuidados
paliativos assumirem a criação e o desenvolvimento de equipas/unidades de cuidados
paliativos por todo o país bem como a implementação de ações de divulgação
nesta área do conhecimento.

A publicação do Manual de Cuidados Paliativos (com uma 3ª edição revista e muito
aumentada em 2016) constitui-se já numa referência particularmente bem aceite
no mundo profissional, científico e cívico.

O mestrado tem tido a colaboração, desde o início, de universidades internacionalmente
prestigiadas: Universidade de Sheffield, Universidade do Texas, M.
D. Anderson Cancer Center, Medical College of Wisconsin Palliative Care Center,
University of California, Universidade de Barcelona, Hospital Universitário La
Paz-Madrid, Universidade de Vic-Catalunha, Faculdade de Medicina-Pamplona e
Departamento de Medicina da Universidade de Otava.

OBJETIVOS

O curso tem como objetivos dar qualificação académica e profissional em cuidados
paliativos, visando uma prestação de cuidados de saúde mais eficiente, promovendo
a investigação nos serviços de saúde.

AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS E OPORTUNIDADES DE CARREIRA

No final do curso, o aluno deverá ter adquirido competências que permitam:

  • Integrar informação teórica e prática pertinente e atualizada no domínio dos
    cuidados paliativos;
  • Manejar de técnicas de avaliação e de terapêuticas que possibilitem a abordagem
    clínica em cuidados paliativos;
  • Desenvolver planos de formação em serviço para os profissionais de saúde em
    cuidados paliativos;
  • Refletir crítica e eticamente e problematizar temáticas existenciais, espirituais e
    técnicas que o exercício dos cuidados paliativos levanta;
  • Desenvolver investigação em cuidados paliativos nos serviços de saúde;
  • Organizar equipas, unidades e serviços de cuidados paliativos.
  • Integrar informação teórica e prática pertinente e atualizada no domínio dos
    cuidados paliativos

DESTINATÁRIOS E VAGAS

Têm acesso os candidatos que possuam formação em Medicina, Enfermagem,
Psicologia, Serviço Social ou áreas afins por uma Universidade Portuguesa ou de
habilitação legalmente equivalente.

O curso funcionará com o número mínimo de 10 e o máximo de 20 inscrições.

Copyright 2017 | Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa |