• pt
  • en

destaque940x256
O Instituto de Formação Avançada (IFA) da Faculdade de Medicina, organiza anualmente vários cursos de formação contínua com carácter profissionalizante. Estes cursos destinam-se a um público diversificado, estão organizados de acordo com o “Processo de Bolonha”, atribuindo ECTS, cujo número varia de acordo com a sua duração e permitem a obtenção de um diploma pela sua conclusão.

TituloAtualizacao

O seu objetivo é a formação continuada, possibilitando aprendizagem de novas técnicas e de conhecimentos em determinadas áreas, com componente teórico e prático e cariz profissionalizante ou tecnológico.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Oferta Formativa e respetivos Programas

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

ANÁLISE MULTIFACTORIAL EM EPIDEMIOLOGIA

Este curso visa transmitir aos discentes os conhecimentos básicos de SPSS e as diferentes técnicas de análise multifactorial de dados mais comummente usados em epidemiologia.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Ciências Sociais e Humanas, Matemática e Bioestatística, Técnicos Superiores de Saúde, Diagnóstico e Terapêutica, e outros Profissionais de Saúde envolvidos ou interessados em envolverem-se em análise de dados, atividades de investigação ou tomada de decisão nas áreas clínicas ou de saúde pública.
5 ECTS


AVALIAÇÃO DA AFASIA COM A BAAL

Fornecer conhecimentos teóricos sobre os objetivos da Bateria de Avaliação da Afasia de Lisboa (BAAL), a sua constituição, aplicação, cotação e creditação apara aplicação clínica. Treino de aplicação da bateria através de demonstrações e exerícios práticos.
Destinatários: Terapeutas da Fala.
1 ECTS


AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

Fornecer conhecimentos sobre os principais domínios cognitivos e sua avaliação.
Destinatários: Psicólogos, Internos de Neurologia, Terapeutas da Fala, outros profissionais ligados às Ciências da Saúde que desejem adquirir conhecimentos em Neuropsicologia.
2 ECTS

 

BUI CERTIFICATE IN URODYNAMICS LISBON COURSE

O Curso visa assegurar a qualidade da prática em Urodinâmica, da interpretação de traçados e do papel da Urodinâmica na avaliação de diferentes grupos de doentes. O Curso termina com um teste de escolha múltipla baseado em traçados de urodinâmica. Este Curso é aprovado pela International Continence Society e tem aprovação CME pela British Association of Urological Surgeons.

Destinatários: Médicos Internos e Especialistas de Urologia, Ginecologia e Pediatria, Enfermeiros, Técnicos e todos os interessados com alguma experiência em Urodinâmica.


CIÊNCIAS DO SONO

Conhecimentos sobre as práticas de registo e de avaliação quantitativa das várias fases do Sono; Conhecimento das principais patologias do Sono, das respectivas regras diagnosticas e soluções terapêuticas; noções de Genética, Semiologia e Patologia em Medicina do Sono. Identificação dos impactos para o indivíduo e para a sociedade das perturbações do Sono.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Psicologia, Biologia, Enfermagem, Engenharia Biomédica, Motricidade Humana, Farmácia, Bioquímica, Engenharia Genética, Neurofisiologia, Cardiopneumologia e outros.
4 ECTS


CIRURGIA INTRARENAL RETRÓGRADA (RIRS)

a) Consolidate the theorical principles of RIRS.
Sedimentar as bases teóricas da cirurgia intra-renal retrógrada (RIRS).
b) Awareness and compliance to RIRS security principles.
Interiorizar e respeitar os aspectos de segurança da RIRS.
c) RIRS hands-on training with state of the art equipment and models.
Aperfeiçoamento técnico hands-on em RIRS.
Destinatários: Especialistas em Urologia e Internos de Urologia
1 ECTS


COMPAIXÃO EM CUIDADOS PALIATIVOS

A prática da Medicina esteve sempre ancorada na compaixão e no desejo de aliviar o sofrimento, também um dos pilares da prática dos cuidados paliativos, que reconhecem que a compaixão deve ser integrada no cuidar em fim de vida. A compaixão é a qualidade que, muitas vezes, faz a diferença entre uma morte “boa”, tranquila e pacífica e uma “má” morte, marcada pela angústia e ansiedade. Quando a compaixão está presente na interacção entre o doente e o profissional de saúde passa-se algo que pode ser radiante, como uma entrega inesperada.
Destinatários: Profissionais de Saúde que prestam cuidados a este tipo de doentes, nomeadamente nas áreas de Medicina Interna, Oncologia Médica, Cirurgia, Infecto-contagiosas, Psiquiatria, Anestesiologia, Neurocirurgia, Neurologia, Radioterapia, e Medicina Geral e Familiar.
1 ECTS


CONSTRUÇÃO, VALIDAÇÃO, APLICAÇÃO E INTERPRETAÇÃO DE QUESTIONÁRIOS

Contribuir para a compreensão das bases teóricas da medicação em saúde e capacitar para a escolha, construção, validação/adequação, utilização e interpretação de questionários.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Psicologia, Ciências Sociais e Humanas, Matemáticas e outros Profissionais de Saúde envolvidos ou interessados em envolverem-se em investigação em saúde.
5 ECTS


CUIDADOS PALIATIVOS

Conhecer os princípios fundamentais da prestação de cuidados paliativos; Reflectir sobre o papel do profissional de saúde no atendimento a este tipo de doentes; Integrar os diferentes aspectos das necessidades da pessoa doente e sua família; Adequar os objectivos terapêuticos às necessidades do doente terminal.
Destinatários: Profissionais de Saúde – Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Técnicos de Serviço Social, Fisioterapeutas e outros interessados nesta área de cuidados.


DECISÕES ÉTICAS EM FIM DE VIDA

Análise de problemas éticos levantados por doentes em fim de vida em vários contextos (cuidados intensivos, cuidados paliativos). Demonstração e análise de casos (histórias e videogravações).
Destinatários: Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Técnicos de Serviço Social e outros licenciados interessados no tema.
1 ECTS


DIFERENCIAÇÃO EM PEDIATRIA –
Inovação e Tecnologia (2ª Parte)

Atualizar os conhecimentos e o desempenho dos profissionais em diferentes áreas específicas da Pediatria, com especial ênfase na inovação e tecnologia diagnóstica e terapêutica. Da metodologia de ensino constam sessões teóricas e teórico-práticas com utilização de técnicas de simulação, como, por exemplo, manequins e role-play.
Destinatários: todos os especialistas e internos das especialidades de Pediatria, Cirurgia pediátrica, Genética, Cardiologia pediátrica ou de outras especialidades com interesse na criança e adolescente.
5 ECTS


DOENÇAS INFECCIOSAS EMERGENTES

Aquisição e aprofundamento de conhecimentos e desenvolvimento de competências no âmbito deste fenómeno biológico do cosmos microbiano.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Ciências Farmacêuticas, Enfermagem e outros Profissionais ligados à Saúde.
3 ECTS


DOR AGUDA

Atualizar conhecimentos científicos, teóricos e práticos, que fundamentam as práticas clínicas de enfermagem em situações clínicas que implicam controlo da dor por meios convencionais e não convencionais. Promover reflexão crítica dos cuidados de enfermagem no âmbito de controlo da dor aguda. Reflectir nas técnicas e procedimentos aquando da administração de analgesia.
Destinatários: Licenciados em Enfermagem do Centro Hospitalar Lisboa Norte/HSM.
1 ECTS


ECOCARDIOGRAFIA À CABECEIRA

A Ecocardiografia tornou-se o meio complementar de diagnóstico não-invasivo de patologia cardíaca essencial na prática da Cardiologia Clínica actual. Juntamente com o ECG é utilizada diariamente por todos os profissionais envolvidos com os cuidados de saúde a prestar aos doentes que necessitem de avaliar a anatomia e função cardíacas. O Curso pretende promover a actualização dos conhecimentos relacionados com a tomada de decisão clínica em cardiologia.
Destinatários: Médicos Cardiologistas e de outras áreas (Urgência, Anestesia, Medicina Intensiva, Medicina Interna, Neurologia, Medicina Familiar, outros). Internos das Especialidades Médicas e Cirúrgicas, Cardiopneumologistas, Enfermeiros.
2 ECTS


ECOCARDIOGRAFIA HANDS-ON

Apreender conhecimentos e treino na área da ecocardiografia, especificamente destinada ao contexto da anestesiologia e dos cuidados intensivos, incluindo a aquisição dos planos básicos de ecocardiografia transtorácica e transesofágica, a optimização da imagem, a revisão das principais patologias do doente crítico, em cuidados intensivos e no contexto anestésico. Serão revistos os principais quadros do doente instável e sua monitorização.
Destinatários: Médicos anestesiologistas, intensivistas, internistas e também cardiologistas ou de outras especialidades.
2 ECTS


ECOGRAFIA TORÁCICA NA EMERGÊNCIA E CUIDADOS INTENSIVOS

  • Aprendizagem dos fundamentos da ecografia torácica
  • Conhecer o espetro de aplicação clínica atual no doente crítico
  • Saber reconhecer os diferentes padrões ultrassonográficos
  • Adquirir treino prático na identificação de um pneumotórax
  • Saber aplicar a ecografia perante um doente com insuficiência respiratória
  • Saber orientar uma toracentese ou drenagem pleural
  • Saber avaliar a função diafragmática

Destinatários: Médicos com atividade clínica em serviço de urgência, emergência e cuidados intensivos.
Especialidades de Medicina Intensiva, Medicina Interna, Anestesiologia, Cardiologia, Pneumologia, Cirurgia Torácica.
1 ECTS


ENSAIOS CLÍNICOS

O objetivo geral do curso é aumentar o conhecimento sobre a investigação experimental em saúde, em particular sobre os ensaios clínicos, nas diversas fases – delineamento do estudo, procedimentos, acompanhamento da intervenção, avaliação dos resultados e conclusões. Aspectos normativos, éticos, jurídicos e económicos também serão abordados.
Pretende-se assim motivar e capacitar os participantes para delinear, participar e interpretar ensaios clínicos.
Este curso oferece a possibilidade de realização de um Estágio de Aprendizagem opcional numa instituição farmacêutica, académica ou reguladora, como forma de consolidação dos temas abordados.
Destinatários: Licenciados ou mestres em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Ciências Sociais e Humanas, Ciências Matemáticas e outros profissionais de saúde, com interesse na tomada de decisão ou em atividades de investigação nas áreas clínicas ou de saúde pública.
5 ECTS

 

EPIDEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR

A Epidemiologia e Prevenção Cardiovascular é uma área cada vez mais relevante no domínio da saúde pública, decisão em política de saúde e investigação clínica.
Este Curso tem como objetivo geral permitir a aquisição de conhecimento no âmbito da epidemiologia e prevenção das doenças cardiovasculares, a ser aplicado ao desenho e análise da investigação epidemiológica nesta área.
Destinatários: Licenciados ou Mestres em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Psicologia, Técnicos Superiores de Saúde (Radiologia, Análises Clínicas, etc.), Ciências Sociais e Humanas, Estatística, Nutrição, e outros profissionais interessados em aprender mais sobre a relação entre Epidemiologia e Doenças Cardiovasculares.
5 ECTS

 

EPIDEMIOLOGIA E INVESTIGAÇÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE

Este curso demonstra a importância da epidemiologia nos serviços de saúde, descreve as suas vantagens e limitações e sugere abordagens práticas para problemas típicos, frequentemente enfrentados por decisores nos serviços de saúde. A complementar a prática epidemiológica o módulo permitirá uma introdução aos métodos quantitativos (econométricos) com aplicação na investigação em serviços de saúde.
Destinatários: Este curso destina-se a licenciados em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Ciências Sociais e Humanas, Matemáticas e outros profissionais da saúde envolvidos ou interessados em envolverem-se em investigação em serviços de saúde.
5 ECTS

 


EPIDEMIOLOGIA ESPACIAL: Métodos e Aplicações

– Dar a conhecer os conceitos de Epidemiologia Espacial e fornecer informação da aplicação de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e estatísticas espaciais à análise de variações geográficas da saúde e da doença associadas a factores de risco demográficos, ambientais, comportamentais e genéticos.
– Desenvolver competências na aquisição e análise de informação geográfica em saúde.
– Adquirir conhecimentos de estatística espacial e sua aplicação a casos estudo epidemiológicos.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Ciências Sociais e Humanas,Ciências Matemáticas, Veterinária, Biologia, Geografia e outros profissionais de saúde, com interesse na análise espacial de determinantes da saúde nas populações.
5 ECTS

 

EPIDEMIOLOGIA MOLECULAR

No final do curso o formando deverá ser capaz de:
– Conhecer o estado de arte das ferramentas utilizadas em epidemiologia molecular;
– Conhecer, em termos gerais, o fundamento de cada técnica de biologia molecular utilizada na epidemiologia molecular;
– Compreender o papel da epidemiologia molecular na identificação da predisposição genética a doenças;
– Compreender a utilidade da epidemiologia molecular como instrumento de caracterização dos agentes etiológicos e vigilância das doenças infeciosas.
Destinatários: Este curso destina-se a licenciados em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Ciências da Saúde, Biologia, Tecnologias da Saúde, Ciências Biológicas, Ciências Sociais e Humanas e outros profissionais da saúde.

5 ECTS

 

ÉTICA NA INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

Análise de problemas éticos levantados pela investigação em ciências da saúde.
Destinatários: Médicos e outros Investigadores.
1 ECTS


FORMAÇÃO EM BOAS PRÁTICAS CLÍNICAS DO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CLÍNICA DO CENTRO ACADÉMICO DE MEDICINA DE LISBOA

Formar profissionais de saúde com interesse em realizar investigação clínica em conceitos e regras práticas de Boas Práticas Clínicas.
Destinatários: Médicos, Farmacêuticos, Enfermeiros e outros profissionais com interesse em investigação clínica.
Este curso não tem ECTS


INTRODUÇÃO À INVESTIGAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA

A atividade de investigação clínica e epidemiológica é essencial para desenvolver o conhecimento, a prática clínica e o nível de saúde dos doentes e das populações. Deve fundamentar-se no exercício da crítica, do rigor e da excelência, baseados numa forte raiz teórica e conceptual, resultando em competências capazes de promover uma investigação bem sucedida. Este curso pretende fazer a introdução à actividade de investigação clínica e epidemiológica, percorrendo de forma transversal aspectos desde a construção de uma questão de investigação, a escrita e submissão de projectos, a implementação de estudos, as questões de ética e regulamentares, bem como aspetos de gestão de projetos e programas de investigação. Conclui com aspectos da escrita de publicações científicas e a comunicação científica e social de resultados científicos.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Ciências Sociais e Humanas,Ciências Matemáticas, Economia e Gestão e profissionais de saúde que pretendem envolver-se em investigação clínica e epidemiológica de forma sistemática e estruturada, através de uma visão global e aplicada, fundamentada num corpo docente experiente e dirigida para a aquisição de competências.
5 ECTS


INVESTIGAÇÃO CLÍNICA EM PSIQUIATRIA

Permitir uma actualização avançada aos profissionais que pretendam aprofundar os seus conhecimentos na investigação clínica e no uso de novos conceitos nas áreas da metodologia clínica, psicopatologia, investigação translacional e ensaios clínicos.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Psicologia, Bioquímica e outros Profissionais com interesse nas temáticas abordadas.
1 ECTS


INVESTIGAÇÃO EM PSIQUIATRIA

O Curso tem como objetivo informar e fornecer bases teóricas aos pesquisadores da área básica, bem como aos clínicos das diversas áreas, sobre o papel das espécies reativas tanto nos processos fisiológicos e bioquímicos normais, como nas situações de exceção e na génese e agravamento de processos patológicos. Para tal, no primeiro módulo será feita uma actualização sobre os conceitos químicos e a biologia de espécies reactivas nos sistemas biológicos. No módulo dois serão discutidas as metodologias de abordagem de investigação que permitem a deteção de espécies reativas ou a deteção de seus efeitos nos sistemas biológicos. No terceiro módulo será realizado um amplo painel sobre o que se conhece se discute actualmente do papel das espécies reactivas e dos danos associados na génese e no agravamento de doenças ditas degenerativas. Permitir uma actualização de profissionais que pretendem iniciar ou aprofundar os seus conhecimentos na investigação e no uso clínico dos novos conceitos na área da biologia de espécies reactivas. Pretende-se que no final do curso, o aluno adquira as noções fornecidas. O curso oferecerá uma base para o entendimento e utilização de novos conceitos de biologia de espécies reativas para profissionais tanto da área de pesquisa básica como da clínica terapêutica.
Destinatários: Profissionais nas áreas da Psiquiatria, Psicologia, Bioquímica e outros Profissionais com interesse nas temáticas abordadas.
1 ECTS


MEDICINA BASEADA NA EVIDÊNCIA – PRINCÍPIOS E PRÁTICA

Descrever os conceitos básicos da MBE, sua importância e relevância. Aplicação prática dos conceitos de BEM. Informação para suporte à prática clínica.
Destinatários: Médicos das Unidades de Saúde de Familiar.
1 ECTS


NEUROMODULAÇÃO SAGRADA  |  SACRAL NEUROMODULATION

Os objetivos do Curso são o conhecimento da abordagem fisiopatológica subjacente à neuromodulação das raízes sagradas, no contexto da Urologia Funcional, e a iniciação prática à técnica cirúrgica. O Curso visa a aquisição de competências teóricas e skills cirúrgicos na implantação de neuromoduladores.
The objective of the Course is to master the physiopathological approach of the sacral roots neuromodulation with its applications in the field of Functional Urology and also the initiation and training in the surgical tecnhique of neuromodulator implantation. The Course focuses on the acquisition of both theoretical and surgical skills for the correct implantation of neuromodulators.
Addressees | Destinatários: Especialistas e Internos de formação específica em Urologia, Ginecologia/Obstetrícia, Medicina Física e Reabilitação.


O LUTO

Proporcionar ao profissional de saúde uma oportunidade para explorar cognitiva e experiencialmente sentimentos e o significado atribuído à vida,  à morte e ao processo de morrer, com o fim de incorporar a área afetiva pessoal nas competências terapêuticas, no seu trabalho diário junto de doentes e famílias.

Refletir sobre o processo de elaboração pessoal de sentimentos associados a perdas e ao processo de morrer.
Reconhecer as necessidades e dificuldades da família de pessoas com doenças progressivas e/ou incuráveis.
Adquirir competência e prática em técnicas terapêuticas de intervenção, individual ou grupal, sobre o impacto emocional em processo de doença avançada.

Destinatários: Médicos, Enfermeiros, Psicólogos, Técnicos de Serviço Social, ou outros  licenciados interessados no tema do luto ou que trabalhem com pessoas em processo de luto
1 ECTS


OSTEOPOROSE

Atualização dos profissionais da saúde, interessados na osteoporose, na definição e compreensão da doença, no que se refere aos riscos inerentes e à identificação dos indivíduos com risco acrescido. Em particular, possibilitar aos clínicos de diversas áreas da Medicina a preparação de estratégias de diagnóstico e de tratamento com os vários fármacos actualmente disponíveis e indicados no tratamento da osteoporose e das suas complicações.
Destinatários: Licenciados na área da Saúde, interessados na análise da Osteoporose. Médicos; Enfermeiros; Nutricionistas; Fisioterapeutas; Psicólogos.
1 ECTS

 


PENSAR MEDICINA

Criar um espaço interdisciplinar de reflexão e debate em torno de questões suscitadas pela prática médica… Abordar a Medicina e a prática médica a partir de múltiplas outras perspetivas… Aos profissionais com outras formações permitirá contactar com um conjunto diverso de condições médicas concretas… o Curso pretende elucidar refletir a em que medida em que a Medicina convoca elucida aspetos relevantes da relação de cada cultura com a respetiva cosmovisão cosmogonia que possam interessar a Antropologia, a Filosofia, a Sociologia e outros domínios… Promover uma perspetiva holística da Medicina e da clínica, capaz de integrar as modulações da contemporaneidade de uma forma crítica e responsável.
Destinatários: Médicos, Psicólogos e todos os Profissionais de Saúde interessados. Filósofos, Antropólogos, Sociólogos, Economistas interessados nos temas.
3 ECTS


TÉCNICAS DE AMOSTRAGEM EM EPIDEMIOLOGIA

Este Curso permitirá aos discentes integrar conhecimentos e desenvolver aptidões na investigação clínica/epidemiológica, nomeadamente:
– Melhorar competências no delineamento e recolha de amostras para estudos epidemiológicos e de epidemiologia clínica.
– Descrever as vantagens e desvantagens dos principais tipos de amostragem
– Definir critérios para o cálculo da dimensão de uma amostra em epidemiologia
– Delinear uma amostra para vários tipos de estudos epidemiológicos
– Identificar erros em amostragem e criticar amostragens em estudos epidemiológicos
Destinatários: Licenciados/Mestres em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas,  Biologia, Medicina Veterinária, Ciências da Saúde, Ciências Biomédicas, Ciências Sociais e Humanas, Matemática e Bioestatística, Técnicos Superiores de Saúde, Diagnóstico e Terapêutica, e outros Profissionais de Saúde envolvidos ou interessados em envolverem-se em análise de dados, atividades de investigação ou tomada de decisão nas áreas clínicas ou de saúde pública.
5 ECTS


TÉCNICA LAPAROSCÓPICA EM UROLOGIA

Os objetivos do Curso são o aperfeiçoamento das diversas técnicas essenciais em laparoscopia, nomeadamente a dissecção, o posicionamento da agulha de sutura, as diferentes técnicas de sutura, as anastomoses e as técnicas de hemostase.
Destinatários: Médicos Internos e Especialistas de Urologia, Ginecologia/Obstetrícia, Pediatria.
1 ECTS


TÓPICOS ESPECIAIS EM EPIDEMIOLOGIA

A Epidemiologia, no seu intuito de compreender os determinantes e factores associados com os estados de saúde e de doença. Desenvolve modelos e paradigmas de representação e de abordagem. Sistematiza processos de decisão; Relaciona-se, de forma fértil e integrada, com novos modelos de análise de dados e de sistemas de informação. Neste Curso, são visitados aspectos particulares da epidemiologia e da sua relação com outros saberes, através da sistematização teórica, envolvendo investigadores de referência nas referidas áreas.
Destinatários: Licenciados ou Mestres em Medicina, Enfermagem, Ciências Farmacêuticas, Psicologia e Ciências Sociais e Humanas, Ciências Matemáticas e outros profissionais de saúde, interessados em alargar e aprofundar conhecimentos sobre a ligação da epidemiologia e da investigação clínica a outras disciplinas, bem como aspectos particulares da epidemiologia.
4 ECTS


TRATAMENTO CENTRADO NA PESSOA COM EXCESSO DE PESO

O curso tem por objectivos principais capacitar os formandos no sentido de: desenvolver uma intervenção caracterizada por aliança terapêutica eficaz e eficiente; capacitar os profissionais de saúde que trabalham com obesidade para um estilo de intervenção não prescritivo, nomeadamente através da aprendizagem de técnicas relacionais da entrevista motivacional; capacitar os profissionais de saúde que trabalham com obesidade a reconhecer co-morbilidade psiquiátrica; garantir a existência de um enquadramento técnico mínimo comum nas áreas da nutrição e do exercício físico, de forma a haver consistência de objectivos e uniformização de estratégias entre os vários técnicos de saúde que intervêm no processo clínico; conceptualizar o insucesso terapêutico como momento de reavaliação da intervenção clínica e como marcador de eventual disfunção na aliança terapêutica.
Destinatários: Profissionais de saúde implicados no tratamento da obesidade ou de patologias relacionadas. Incluem-se: Médicos; Enfermeiros; Psicólogos; Nutricionistas; Dietistas; Fisiologistas do Exercício Físico; Outros profissionais com interesse nas temáticas abordadas.
3 ECTS


TUBERCULOSE E INFECÇÃO POR VIH

O ensino de conceitos básicos sobre tuberculose e sobre infecção por VIH, desde a epidemiologia, clínica e diagnóstico, até ao tratamento dirigido. Serão ensinados e discutidos outros aspectos, mais avançados e, por vezes, controversos, acerca destas patologias.
Destinatários: Licenciados em Medicina, Ciências Farmacêuticas, Enfermagem e outros Profissionais de Áreas afins.
2 ECTS


URGÊNCIAS HOSPITALARES

Definir conceito de urgência hospitalar; Enunciar aspectos básicos da organização de um Serviço de Urgência Hospitalar; Distinguir Urgência de Rotina; Dirigir a abordagem inicial e triagem de doentes com doença aguda ou situação clínica com risco de vida; Estabilizar Doente crítico e promover cuidados Primários e secundários (mecanismos de assistência em urgência hospitalar); Promover a reanimação e abordagem definitiva do doente com carácter emergente, tendo em conta as necessidades clínicas, as suas capacidades e os recursos disponíveis; Demonstrar os respectivos procedimentos ou técnicas de acordo com as orientações actuais; Reconhecer os seus limites em situação de Urgência; Saber lidar com a irreversibilidade da situação clínica (situação extrema/morte do doente na urgência); Demonstrar saber trabalhar em equipa.
Destinatários: Recém Licenciados em Medicina.
1 ECTS


URODINÂMICA

Os objetivos do Curso são a aprendizagem e/ou aperfeiçoamento da realização e interpretação de estudos urodinâmicos, aplicados às diversas situações clínicas que motivam a sua realização. O Curso visa a aquisição de competências para a realização e interpretação destes exames complementares de diagnóstico com autonomia e qualidade.
Destinatários: Internos e Especialistas de Urologia.

Copyright 2017 | Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa |