• en
  • pt

 

MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA

O ensino da Medicina insere-se nos ciclos de estudos integrados conducentes ao grau de mestre pela prática estável e consolidada na União Europeia e pressupõe a realização completa e com êxito de seis anos de estudos.

Objectivos
Formar Médicos, com sólida formação científica, capazes de auto-aprendizagem e capacidade para lifelong learning, com competências em Comunicação com os doentes, interpares e com a Sociedade, habilitados a trabalhar em equipas profissionais multidisciplinares, atentos aos desafios de Saúde contemporâneos e à Ética na Medicina e Ciências da Vida, aptos para integração útil e criativa nos Sistemas de Saúde em vigor na Sociedade e capazes de uma escolha informada da sua carreira profissional.

 

Duração e Créditos
6 anos (12 semestres) – 360 ECTS

Graus
Licenciado em Estudos Básicos de Medicina (1.º ciclo) – Conferido após a conclusão dos três primeiros anos do Mestrado Integrado em Medicina (180 ECTS)
Mestre em Medicina (2.º ciclo) – Conferido após conclusão do Mestrado Integrado em Medicina (360 ECTS e aprovação em Trabalho Final do MIM)

Regime
Diurno

Propinas
Os estudantes da ULisboa estão obrigados ao pagamento das propinas, sem prejuízo das situações especiais previstas na lei e no Regulamento de Propinas da Universidade de Lisboa  [Despacho n.º 67/2015] O valor das mesmas é fixado anualmente, pelo Conselho Geral da Universidade de Lisboa e pode ser pago em prestações, em datas a fixar pelo Diretor da FMUL.
Propinas 2019/2020

 

O Mestrado Integrado em Medicina é um ciclo de estudos acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), com o código ACEF/1516/19497,  e sofreu alterações que foram registadas pela Direção-Geral do Ensino Superior com o n.º R/A-Ef 2014/2011/AL01, a 19 de setembro de 2018 e publicadas em Diário da República pelo Despacho n.º 9837/2018, de 19 de outubro.

 

A formação médica permite saídas profissionais diversificadas como Medicina Clínica (Hospitalar, Medicina Geral e Familiar), Saúde Publica, Medicina Legal, Medicina do Trabalho, Investigação e Docência.
A Profissão Médica é caracterizada por uma sequência de graus, que correspondem a patamares de diferenciação técnico-científica e de responsabilidade crescente, obtidos mediante períodos de formação, internatos com provas públicas de competência.

 

PRÉ-REQUISITOS (Ano Letivo 2019/2020)

Grupo A – Comunicação Interpessoal (Ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia). Minuta (Forma de Comprovação)

PROVAS DE INGRESSO
02 – Biologia e Geologia, 07 – Física e Química,  19 – Matemática A

CLASSIFICAÇÕES MÍNIMAS 19/20
Prova de Ingresso: 140, Nota de Candidatura: 160

FÓRMULA DE CÁLCULO DA NOTA DE CANDIDATURA 19/20
50% da classificação final do ensino secundário, 50% das provas de ingresso

NÚMERO DE VAGAS
295

Nota de candidatura do último colocado no ano letivo 18/19
175,2

CARATERÍSTICAS DO ESTABELECIMENTO/CURSO
Código: 1507/9813
Grau: Mestrado Integrado
Duração: 12 Semestres
ECTS: 360
Concurso: Nacional
Tipo de Ensino: Ensino Superior Público Universitário

 

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, tendo como missão fundamental o ensino das ciências médicas, tem estabelecido vários protocolos e parcerias com outros estabelecimentos de ensino superior, contribuindo para o desenvolvimento de outras formações académicas.
Saber mais aqui.

De modo a assegurar a necessária diversidade, qualidade e eficácia e defendendo os direitos da pessoa doente, a FMUL estabeleceu uma rede de ensino com instituições públicas, hospitalares e centros de saúde mediante protocolos de filiação e/ou cooperação.
Saiba que instituições integram esta rede.

click the edit button to change this text.

RECONHECIMENTO DE HABILITAÇÕES

Copyright 2019 | Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa |